segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Jardim da Orla da Cidade de Santos

Visitamos o Jardim da Orla de Santos, cidade que fica no litoral do estado de São Paulo, em vários dias úteis e também em finais de semana. O jardim tem por volta de 219.000 m² de área numa extensão de 5,4 Km e largura entre 45 e 50 m, contando com cerca de 900 canteiros, com várias espécies da flora do tipo perene, espalhados em cerca de 7 Km de praias. É considerado como o maior jardim de orla marítima do mundo pelo "Guinness Book of Records".

Horário de funcionamento:
Ininterrupto
Recursos
 Trilha Estacionamento  Ciclovia  Lanchonete  Programação cultural
Telefone:
0800 173 887 (Disk Tour da Prefeitura de Santos)
Localização:
Orla marítima de Santos, SP
Ver no mapa
Como chegar
A orla marítima se estende por sete bairros da cidade, que são Aparecida, Boqueirão, Embaré, Gonzaga, José Menino, Pompeia e Ponta da Praia.
De ônibus há muitas linhas que passam pelas avenidas Presidente Wilson, Bartolomeu de Gusmão e Vicente de Carvalho, que beiram o jardim (pesquise seus números e itinerários na CET de Santos aqui).
Caso vá de carro, consulte no box ao lado o link "Ver no mapa" e trace seu roteiro. Há estacionamento em trechos da orla, especialmente próximos aos canais, mas observe sempre a sinalização de trânsito no local.

Atrações
O Jardim da Orla de Santos tem por volta de 900 canteiros e mais de 80 espécies de plantas em toda a extensão e 1.800 árvores (palmeiras, chapéu-do-sol, etc.) na área ajardinada. Passa por manutenção frequente de funcionários da Prefeitura de Santos entre os quais, engenheiros agrônomos, encarregados, jardineiros, podadores e ajudantes gerais.
As plantas ornamentais dos canteiros são escolhidas por esses profissionais pela resistência à salinidade e ao vento sul, que sopra amiúde no local. As mais comuns são os biris, lírios amarelos, iris, moreias, alamandas, agapantus, crinus, lírios da paz e dracenas. A maior parte do gramado do jardim da orla é da espécie São Carlos.
O jardim é ladeado por calçadas de pedras em mosaicos, bem como por inúmeros bancos em toda sua extensão. Há uma ciclovia com cerca de 7.900 m de comprimento, margeando o jardim. Existem vários quiosques/lanchonetes que servem alimentos e bebidas, bem como chuveiros para banhistas, aparelhos para ginástica, mesas e bancos para jogos e sanitários. Algumas esculturas e monumentos estão também espalhados ao longo do jardim.
O Aquário de Santos e o Parque Roberto Mário Santini são boas atrações à parte, mas ficam também na extensão do jardim da orla santista.

Sinopse Histórica
Coube ao engenheiro Saturnino de Brito a ideia da construção dos jardins em 1914. Na década seguinte, começaram a surgir áreas ajardinadas em frente aos hotéis e nos anos 1930 foi construído o primeiro trecho dos jardins. Mas seu traçado atual, curvilíneo, data de 1960. O jardim da orla de Santos virou patrimônio histórico da cidade de Santos em 2010 e, além de ganhar o registro no livro dos recordes, os moradores o elegeram como o cartão postal da cidade.
________________________________________________________________________________________________________   OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações. Para mais informações, ligue para o telefone 0800 173 887 (Disk Tour da Prefeitura de Santos).
Fontes: Website da Prefeitura de Santos (http://www.santos.sp.gov.br/) e Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%A1gina_principal).
________________________________________________________________________________________________________
Vale a pena
  • Caminhar pelas calçadas que margeiam o jardim bem como pelas suas alamedas, observando a flora e a praia existente;
  • Pedalar pela ciclovia, que ladeia o jardim, que tem 7.900 m de comprimento;
  • Alimentar-se e/ou tomar uma bebida em um dos vários quiosques/lanchonetes existentes no meio do jardim, contemplando-o e à praia que fica muito próxima;
  • Entreter-se jogando cartas, damas, dominó ou xadrez em diversas mesas próprias que ficam próximas aos quiosques/lanchonetes, curtindo o belo cenário que se descortina;
  • Tomar um bom banho de mar na praia que se estende por todo o jardim e
  • Contemplar, simplesmente, sentado num dos inúmeros bancos que ficam na orla do mar, o belo visual que se apresenta.
Veja vídeo feito no local quando das visitas (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).

A seguir, veja fotos do jardim e seu entorno (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do parque).


0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site