sábado, 5 de maio de 2018

Parque Roberto Mário Santini em Santos (SP)

Parque Roberto Mário Santini em Santos
A visita ao Parque Roberto Mário Santini, em José Menino na cidade de Santos, foi feita numa quinta-feira. O parque não tem grades e faz parte do Jardim da Orla da Cidade de Santos e portanto funciona ininterruptamente. Durante todo o ano, principalmente no verão, tem atividades culturais e esportivas para todas as idades. A obra de Tomie Otake, em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa ao Brasil, é a "jóia" do parque santista.

O parque ocupa 400 m da plataforma do emissário submarino da cidade que tem por volta de 4 Km de extensão mar adentro. Tem cerca de 43.000 m² de área no total e foi inaugurado em 2009 para marcar as comemorações dos 463 da fundação de Santos.

Parque Roberto Mário Santini em Santos

Horário de funcionamento:
Ininterrupto
Telefone:
  (13) 3225-1641
Localização:
Av. Presidente Wilson, em frente ao n⁰ 169, José Menino, Santos, SP
Ver no mapa

Como ir ao Parque Roberto Mário Santini

Ônibus - linhas que passam próximas ao parque como as de números 037, 052, 073, 153, 900, 901, 903, 904, 907, 908, 938, 934ex1, 938, entre outras. Para mais informações sobre linhas e itinerários de ônibus que servem o local, pesquise a CET de Santos aqui).

Carro - consulte o mapa e para traçar seu roteiro. Há estacionamento para veículos em trechos da orla da praia, mas sempre atente para a sinalização de trânsito no local.


Santos

Infraestrutura do Parque Roberto Mário Santini

O parque é ideal para exercícios físicos com pista profissional de skate com 1.100 m², ciclovia, pistas para corrida e caminhada e até quadra de malha. As atividades esportivas programadas no parque, conforme o site da Prefeitura de Santos, são aulas de ginástica, yoga, academia de musculação ao ar livre, surf e skate. Consulte o telefone da administração do local, citado no box acima, para mais informações (das 8h às 12h e das 14h às 18h).


O parque é totalmente aberto, sem grades, e funciona ininterruptamente, mas a pista de skate fica aberta de terças a sextas, das 7h à meia-noite.

Há playground, mesas ao ar livre para jogos e áreas de convivência. O parque também tem uma arquibancada com capacidade para 600 pessoas junto ao quebra-mar, com torre de observação para jurados em competições de surf. No heliponto do parque se avista bem próxima a Ilha Urubuqueçaba. 

O destaque fica por conta do monumento da artista plástica Tomie Ohtake é uma peça em aço tem cerca de 80 toneladas, 20 metros de comprimento,15m de altura e 2 m de largura.

flora do parque é constituída, entre outros, por exemplares de palmeiras, Chapéu-de-Sol e gramado da espécie São Carlos ("Axonopus compressus"), que recebem frequente manutenção por parte dos funcionários da prefeitura.

Quanto à segurança geral do parque, além de inúmeras câmeras de vigilância, observamos vigias no dia da visita, transmitindo-nos tranquilidade.

História do Parque Roberto Mário Santini

O parque foi criado em 26 de janeiro de 2009 para marcar as comemorações dos 463 da fundação de Santos. O espaço recebeu o nome de Roberto Mário Santini, que foi diretor-presidente do jornal A Tribuna de 1990 a 2007.

A escultura de forma abstrata que está no parque foi doada à cidade por Tomie Ohtake e inaugurada em 21 de junho de 2008 nas comemorações do centenário da imigração japonesa, com a presença do príncipe herdeiro do Japão, Naruhito.

Há um projeto para a modernização da área com um novo Museu do Surfe, em substituição ao antigo que foi demolido, e a inclusão de um chafariz, que será destaque do projeto Roteiro das Fontes, a ser criado na orla. Também estão previstos espaço de convivência para idosos e áreas com sombra.

Chamamos a atenção para a reportagem do jornal "A Tribuna" (clique aqui) sobre a importância e a história do emissário submarino que passa sob o local onde hoje existe o Parque Municipal Roberto Mário Santini.
____________________________________________________________________________________________________       OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações. Para mais informações, ligue para o telefone da administração do local.
Fontes: Website da Prefeitura de Santos (http://www.santos.sp.gov.br/ ) e Blog "Turismo em Santos - SP" (http://santosturismo.wordpress.com).
______________________________________________________________________________________________________


Vale a pena no Parque Roberto Mário Santini

  • Frequentar os espaços próprios destinados para praticar vários esportes, incluindo ciclismo;
  • Levar as crianças para brincar no playground;
  • Participar de cursos, oficinas e eventos sociais e esportivos promovidos pela administração do parque;
  • Observar de perto o monumento da artista Tomie Othake em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa e
  • Caminhar ou correr pelas boas pistas, observando especialmente ao entardecer e amanhecer uma paisagem belíssima do parque e seu entorno.
Veja vídeo do Parque Roberto Mário Santini feito no local, quando da visita (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).


Fotos do Parque Roberto Mário Santini 

Tiradas no parque no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do parque).


3 comentários:

  1. Sr. Guedes, as fotos e o texto ficaram ótimos, seu trabalho é muito importante para a divulgação deste espaço e de outros tão bonitos mas que ao mesmo tempo, são tão pouco conhecidos da população. Obrigada. Andrea e equipe Pq Roberto Mário Santini - Pref de Santos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço a recepção no dia da visita, cara Andrea. Abs

      Excluir
  2. Apenas gostaria de acrescentar alguns detalhes, que talvez sejam importantes para a quem quiser visitar o parque em questão.

    Em questão de "segurança", infelizmente, o espaço deixa muito a desejar. Qualquer morador de Santos, já sabe a tempos que o Emissário Submarino (nome pelo qual o parque é popularmente conhecido), é ponto de droga a céu aberto. - E se isso não bastasse, de Domingo a Domingo, são registrados centenas de furtos pelas imediações do local.

    Infelizmente esse fato é de sabedoria da prefeitura, mas nada é feito para resolver a questão.

    Enfim, apenas uma mera curiosidade, mas este espaço quase foi "oficialmente" chamado de "Parque do Centenário da Imigração - Brasil Japão". - A placa comemorativa inclusive, chegou até mesmo a ser colocada no local (onde seria realizada a cerimônia dos 100 anos de amizade entre Brasil e Japão), mas, devido a fatores que ninguém entende, na véspera da cerimônia, por motivos misteriosos, o espaço acabou recebendo o nome de um dos donos (já falecido) de um dos jornais da cidade de Santos. (Fato curioso, já que inúmeros lograduouros na cidade, as vezes também perdem seus nome originais, para no lugar, receberem nomes que homenageiam a família "Santíni".

    Infelizmente esse fato repercutiu negativamente até mesmo no Japão (onde tenho família), pois a mudança de nome, foi realmente algo decidido as escuras, quase que na calada da noite. - Mas os Sentistas, a própria população, nunca adotou ou aceitou o nome imposto pela prefeitura. Tanto que para qualquer um, o lugar é conhecido como "Parque do Emissário Submarino" (onde por sinal quase que foi contruído - a muitos anos atrás - o Museu Pelé), que hoje, se localiza no Centro Histórico de Santos.

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site