segunda-feira, 8 de julho de 2019

Jardins de Augusto em Capri na Itália

Os Jardins de Augusto ficam situados na Ilha de Capri no Golfo de Nápoles, Itália. Capri tem em torno de 8.000 habitantes, sendo famosa pela paisagem acidentada, pelos hotéis e pelos centros de compras sofisticados. Os Jardins de Augusto, que somam uma pequena área, foram criados pelo industrial alemão Friedrich Alfred Krupp no ​​início do século XX, quando construiu sua mansão em Capri. Inicialmente, os jardins assumiram o nome de "Jardins de Krupp", chamado assim até 1918, quando o local foi renomeado como "Jardins de Augusto".
Jardins de Augusto 

Horário de funcionamento:
9 às 19h30h
Contatos:
(00 XX 39 081 838 6214
Localização:
Via Matteotti, 2, 80076 Capri NA, Itália
Ver no mapa

Como chegar aos Jardins de Augusto 

  1. Pedestre - Clique em "Ver no mapa" para traçar seu roteiro. Saindo da Piazzettta de Capri, percorra a pé a via Vittorio Emanuele, Via Federico Serena e, continue pela via Matteotti.

Para saber a previsão do tempo para Capriclique aqui.

A entrada nos Jardins de Augusto custa 1 Euro no período de 01 de março a 15 de novembro. Crianças até 11 anos não pagam.

A infraestrutura dos Jardins de Augusto foi projetada em terraços/mirantes com vista para o mar, sendo de um lado para os Rochedos Faraglioni de Capri, do outro para a Baía de Marina Piccola e as curvas da Via Krupp. Nos arredores: a Valle della Certosa, o Monte Tuoro, o Monte Tiberio e o Monte San Michele, além das típicas residências de Capri com os tetos abobadados. Há espelho d'água, esculturas, bancos e seus jardins podem ser considerados um testemunho da rica flora da ilha de Capri.

A administração do local salienta ser proibido colher plantas e recomenda percorrer os jardins em silêncio para apreciar o canto dos pássaros.

A flora dos Jardins de Augusto é constituída de uma boa variedade de flores como gerânios, petúnias, rosas, camélias, chuvas-de-ouro, margaridas, dálias, entre outras.

avifauna conta com pássaros que cantam e encantam os visitantes com seu trinados.

Sinopse Histórica da Ilha de Capri
As origens da comunidade de Capri podem ser identificadas com maior certeza no século VII aC, quando pessoas de origem Egeu fundaram sua própria colônia na Ilha de Capri , construindo sua aldeia em parte sob as muralhas megalíticas e parcialmente na praia. da Marina Grande . Como Virgílio relata na Eneida, o povo Teleboi liderado pelo mítico rei Telone estabeleceu um reino dele em Capri ; seu filho Ebalo, em seguida, mudou-se para o continente e fundou outras cidades.
Quando o imperador Augusto adquiriu a ilha de Capri para sua fortuna pessoal, trocando-a com a de Ischia, ele encontrou um povo de origem e costumes gregos com suas próprias tradições e seu próprio governo. Augusto, um amante da cultura grega, teve de ser encorajado precisamente por esta presença a se estabelecer na ilha e assim o fez Tibério depois dele que viveu lá por dez anos, de 27 a 37 dC , governando o Império de Capri.

Strabone (século I aC - século I dC) diz que na ilha de Capri havia duas "oppidula"; Evidentemente, ele se referiu aos dois assentamentos urbanos: o primeiro construído mais acima, abrigado pelas poderosas muralhas megalíticas e o segundo perto da praia de Marina Grande.

Com a morte de Augusto, a ilha gradualmente retornou ao anonimato e, após as primeiras incursões sarracenas (7 a 10 dC) , a comunidade da ilha gradualmente abandonou o centro habitado perto do mar e mudou, por volta do ano 1000, para o cidadela grega antiga colocada em uma posição mais alta e defensável. Com a construção do castelo e a proteção das casas com paredes, construídas sobre as outras mais antigas. Maiores informações sobre história da Ilha de Capri consulte este link.

Sinopse histórica dos Jardins de Augusto
Os Jardins de Augusto nascem na antiga propriedade que o industrial alemão Friedrich Alfred Krupp comprou no início do século XX perto da Certosa di San Giacomo para construir sua residência em Capri. Depois da Primeira Guerra Mundial, eles foram renomeados os "Jardins de Augusto", um nome que permaneceu até os dias atuais, e preservam as principais espécies de flores e plantas que podem ser encontradas na Ilha de Capri. 

A Via Krupp também foi criada por Friedrich Alfred Krupp. O dono da grande siderúrgica alemã era fã de pesquisas biológicas marinhas e adorava ir a Capri com seu iate atracado na baía de Marina Piccola. Para chegar facilmente ao barco a partir das suítes do Grand Hotel Quisisana, onde se hospedava, solicitou ao engenheiro Emilio Mayer a construção de uma via da Marina Piccola até a área da Certosa di San Giacomo e dos Jardins de Augusto. Foi assim que o engenheiro fez um corte nas rochas e criou a Via Krupp, com suas curvas sobrepostasA via está interrompida atualmente por razões de segurança, devido a deslizamentos na encosta onde está construída.


Vale a pena nos Jardins de Augusto 
  • Caminhar pelas pequenas vias do local, observando especialmente a flora ao redor e o cantar dos pássaros e 
  • Observar dos mirantes as belas paisagens advindas de uma visão panorâmica de 180 graus da ilha de Capri, sendo possível ver o Monte Solaro, a baía de Marina Piccola e o Faraglioni, além de admirar as famosas curvas sinuosas e sobrepostas da Via Krupp.
_______________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações.
Fonte do texto: Websites da "Prefeitura de Capri" (www.cittadicapri.it
_______________________________________________________________________________________

Veja vídeo dos Jardins de Augusto 


A seguir, veja fotos tiradas nos Jardins de Augusto  (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do local).

1 comentários:

  1. Sensacional a matéria! A beleza das fotos dos Jardins de Augusto alegra os olhos e alimenta a alma . Parabéns!!!

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site