sábado, 31 de março de 2018

Centro de Esportes Radicais em São Paulo

Visitamos num domingo, o Centro de Esportes Radicais, situado no Bom Retiro na cidade de São Paulo. Ocupa uma área de cerca de 38.500 m²foi projetado para ser o reduto dos fãs de esportes radicais da capital paulista, com pistas onde é possível praticar atividades como andar de skate, patins, bike, e até praticar o "parkour", uma atividade desportiva onde o praticante busca superar obstáculos.

Para chegar ao parque há as linhas de ônibus de números 231 (Metrô Armênia), 278 (Terminal Urbano Guarulhos) e 560 (Metrô Armênia), que têm seus pontos na Av. Sérgio Tomás, que dista por volta de 250 m do local.
Para saber outros números de linhas, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans (clique aqui).

Veja a lista completa dos parques e praças visitados, fotografados e resenhados pelo site Áreas Verdes das Cidades no Brasil e no exterior
 
Centro de Esportes Radicais

Horário de funcionamento:
8h às 22h
Telefone:
(11) 3224-9159
Localização:
Avenida Pres. Castelo Branco, 5700, Bom Retiro, São Paulo, SP
Ver no mapa
Para ir de carro, consulte o link "Ver no mapa" e trace seu roteiro. Há estacionamento gratuito para veículos no próprio local.

Infraestrutura
O local possui ciclovia, pista de caminhada, uma "Mini Ramp", pista para iniciantes; e a "Pump Track", um circuito com início, meio, mas nunca um fim, onde o praticante anda “bombeando”, sem impulsionar, apenas ganhando velocidade na medida em que passa pelos obstáculos. A pista "Pump Track" foi divida em três níveis: para iniciantes; pessoas que nunca tiverem contato; a intermediária, destinada a quem já tem uma familiaridade e a avançada, para os praticantes com experiência.
Além das pistas, há um espaço dedicado ao "Parkour" (esporte de obstáculos onde se usa apenas o movimento do corpo com objetivo explorar o ambiente utilizando técnicas de corrida, salto, equilíbrio e escalada). O Centro de Esportes também conta com uma academia ao ar livre para terceira idade; ginásio de sumô; área de convivência para piqueniques e pausas para o lanche; praça para eventos variados, estação de ginástica especifica para alongamentos e um playground para crianças de até 12 anos.
Flora
Sua pouca vegetação é composta por remanescente de Mata Atlântica em estágio inicial de sucessão.

No dia da visita ao local observamos vários vigias uniformizados, transmitindo segurança aos frequentadores.

São permitidos cães, desde que estejam em guias ou focinheiras. Pela característica do local é absolutamente desaconselhável deixar os animais soltos.

Não há lanchonetes no local e nem vimos ambulantes próximos a entrada do parque. Leve alimentos e bebidas de casa, caso queira.

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), responsável pelo local, incentiva e orienta o uso de equipamentos de proteção e todas as pistas indicam a obrigatoriedade de utilização de capacete.

Curiosidades
O empresário Jean Wainer, que pratica "Parkour"há 12 anos, desenhou a pista de 650 m² da modalidade no centro esportivo, a primeira do Brasil. "Para construi-la, me baseei nos obstáculos que vemos nas ruas. Esse esporte nos ensina a reconhecer riscos e enfrentar dificuldades. Ele exige criatividade dos praticantes para trabalhar com os desafios de infinitas formas diferentes", explicou à reportagem do Portal G1.

O atleta e construtor de pistas Blue Herbert, que pratica BMX (bicicleta de aro 20 geralmente sem freio) há cerca de 20 anos, projetou as três pistas de "Pump Track" do complexo de diferentes níveis técnicos, conforme já relatado: iniciante, intermediário e avançado. 

O Centro de Esportes Radicais também foi projetado para as crianças curtirem um passeio divertido. Um playground cheio de atrações e brinquedos que ousam até no material – alguns são feitos com pneus anti-dengue – proporcionam brincadeiras saudáveis e atraentes para os pequenos de até 12 anos. O local é todo adaptado para o acesso de deficientes físicos.

Um espaço que existia no terreno, antes da construção do parque, abrigava um ginásio utilizado para a prática do sumô. Com a construção do parque, o ginásio foi acoplado e serve como mais uma opção de esporte e com foco em todas as idades. Para usar o espaço, é necessário procurar a administração e verificar disponibilidade.

O nome é Centro de Esportes Radicais, porém não quer dizer que não dá para se divertir caso não seja tão radical assim.  Ir para curtir momentos em família também é uma ótima ideia, pois o local possui uma área de convivência onde é possível organizar piqueniques, bater papo sem hora para acabar, ou simplesmente curtir um dia bonito e relaxante na cidade. Caso o visitante queira apenas relaxar um pouco fazendo uma caminhada ou corrida, poderá usufruir da pista especialmente preparada para a atividade. As pedaladas também serão muito bem-vindas, porém em outra via, exclusiva para elas, uma ciclovia construída dentro do novo parque. Cada um no seu espaço e em segurança (Portal Veja S. Paulo)

O local ainda conta com 134 luminárias de LED, garantindo maior luminosidade e mais economia de energia elétrica, ampliando a sustentabilidade do equipamento.


História
Era uma área que estava completamente esquecida da cidade e que combina com o Centro Esportivo Tietê como um conjunto de equipamentos esportivos na margem do Tietê. Todo o centro esportivo, que custou cerca de R$ 13,4 milhões, segundo a Prefeitura de São Paulo, é um parque voltado para a formação de atletas. O parque agrega esportes pouco convencionais, abrigando ainda o único ginásio de sumô fora do Japão, além de ser vizinho do estádio de beisebol Mie Nishi.


Vale a pena
  • Utilizar os inúmeros equipamentos que o local disponibiliza para praticar seu esporte radical;
  • Participar de cursos/oficinas oferecidos pelo Centro de Esportes Radicais para praticar beisebol, sumô, entre outros esportes e
  • Levar as crianças para usar o o bom playground existente.
_____________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações.
Fonte textos: Website da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer - SEME (http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/), Portal G1 (http://g1.globo.com/) e Portal Veja São Paulo (https://vejasp.abril.com.br/)
________________________________________________________________________________________________________________

Veja vídeo feito no local no dia da visita:



As fotos a seguir, foram tiradas quando estivemos no parque ("clique" em qualquer uma das fotos e será aberto, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador. Por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), você pode visualizar nesse modo de exibição, todas as fotos em boa resolução).


0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site