quinta-feira, 20 de setembro de 2018

21 de setembro - Dia da Árvore

No dia 21 de setembro, comemora-se o Dia da Árvore. A data é celebrada no mundo todo, mas em dias diferentes. No Brasil, o dia 21/9 foi escolhido por ser véspera da primavera, estação em que as plantas e flores florescem em abundância.

A data é considerada uma ocasião especial para tratar de assuntos ligados à ecologia junto a públicos diversos, leigos ou especialistas. Convida também para a reflexão sobre o respeito ao meio-ambiente, a preservação das florestas, o equilíbrio do ecossistema, o combate à poluição, entre outros temas.


Árvores urbanas: nos parques, nas calçadas; Veja por que são tão importantes para sua saúde
Veja 7 árvores nativas da cidade de São Paulo encontradas nos parques da capital

A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida na Terra porque aumentam a umidade do ar graças à evapotranspiração, evitam erosões, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais.

Além disso, entre as diversas espécies arbóreas existentes, incluem-se várias plantas frutíferas, como é o caso da mangueira, limoeiro, goiabeira, abacateiro, pessegueiro e laranjeira.

Além de produzirem alimento, as árvores também possuem outras aplicações econômicas. A madeira por elas produzidas serve como matéria-prima para a criação de móveis e até mesmo casas. A celulose extraída dessas plantas, principalmente pinheiros e eucaliptos, é fundamental para a fabricação de papel.Além disso, algumas espécies apresentam aplicabilidade na indústria farmacêutica por possuírem importantes compostos. 


A data foi instituída pelo decreto 55.795, assinado em 1965 pelo então presidente Humberto Castelo Branco. Nesse decreto, foi definida a celebração da Festa Anual das Árvores, em substituição ao Dia da Árvore. De acordo com o decreto, o objetivo da comemoração é “difundir ensinamentos sobre a conservação das florestas e estimular a prática de tais ensinamentos, além de divulgar a importância das árvores para o progresso do País e para o bem-estar dos cidadãos”.

O artigo 3° define que a Festa Anual das Árvores deve ser comemorada durante a última semana do mês de março nas regiões Norte e Nordeste; e na semana com início no dia 21 de setembro nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Essa alternância de datas foi definida em função das diferenças climáticas entre as regiões.


Uma das árvores mais antigas do Brasil é um jequitibá-rosa de mais de três mil anos, localizado no interior do Estado de São Paulo, em Santa Rita do Passa Quatro. Veja publicação sobre essa árvore, chamada de "Patriarca da Floresta", feita pelo site Áreas Verdes das Cidades, aqui).

Fontes dos textos: Sites http://icalendario.br.com e http://brasilescola.uol.com.br/



3 comentários:

  1. Guedes você deu uma AULA sobre o assunto: Árvores.

    Abrangestes os mais diversos tópicos. Aprendi muito.

    Lembrei-me de um Pensamento:"Sejamos como o SOL, que não busca nenhuma recompensa, apenas brilha". Continue plantando. As vezes é difícil, mas o Prazer da Colheita é Imenso. A Paisagem Agradece.

    Abraço Forte,

    Abel Limãos.

    ResponderExcluir
  2. Aqui na Europa comemora-se a 21 de Março. Entretanto em Portugal e Espanha passou-se a comemorar o dia 23 de Novembro como sendo o dia da Floresta Autóctone, por ser o dia mais apropriado e adaptado às condições climatéricas de Portugal e Espanha para se proceder à sementeira ou plantação de árvores, sendo assim o dia alternativo ao Dia Mundial da Floresta de 21 de Março, que foi criado inicialmente para os países do Norte da Europa.

    Bucólico-anónimo

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site