quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Árvores urbanas: nos parques, nas calçadas; Veja por que são tão importantes para sua saúde

Árvores - Parque do ibirapuera
Um estudo feito em 245 cidades em várias partes do mundo, publicado pela ONG The Nature Conservancy, confirma pesquisas anteriores de que as árvores podem diminuir os efeitos da poluição e resfriam a temperatura das metrópoles, o que causa um benefício imediato na saúde dos moradores. Outro dado da pesquisa é que aumentar a cobertura vegetal custa bem menos para o poder público do que qualquer outra tecnologia desenvolvida para controlar a poluição.

Usando informações geoespaciais sobre cobertura florestal comparadas com dados de poluição do ar e previsões populacionais para 245 cidades, os pesquisadores descobriram que as árvores trazem os maiores benefícios para a saúde em cidades densamente povoadas e poluídas como Nova Delhi, na Índia.

Conheça 7 árvores nativas da cidade de São Paulo encontradas nos parques da capital
Visite nosso Instagram - Fotos dos parques do Brasil e do Mundo todos os dias!

As árvores, nos parques, nas calçadas, nos jardins de prédios e casas, esfriam a área ao redor deles através da sombra e da evaporação da umidade das folhas - esse resfriamento geralmente é de 5°C na área de 30 metros ao redor das árvores. "Pode não parecer muito, mas quando há ondas de calor, mesmo uma pequena queda nas temperaturas pode ser essencial para salvar vidas", diz Rob McDonald, cientista principal do programa Cidades Globais da ONG The Nature Conservancy e um dos autores do estudo.


As árvores também removem a poluição por partículas finas, captando-as do ar antes de atingirem os pulmões humanos, e são importantes dissipadores de gás carbônico – um dos responsáveis pelo aquecimento global.

Segundo a ONU, Cerca de três milhões de pessoas em todo o mundo morrem prematuramente devido aos efeitos da poluição do ar todos os anos e este número poderia crescer para 6,2 milhões de pessoas por ano até 2050.


Para os pesquisadores, o custo para o aumento e manutenção da cobertura vegetal (parques, calçadas, jardins) nas cidades é de apenas US$ 4 por pessoa por ano, e o retorno deste investimento é maior do que em outras formas de combate à poluição. "Se todas essas cidades gastassem cerca de US $ 4 por pessoa por ano, economizaríamos entre 11.000 e 36.000 vidas por ano [por causa da redução da poluição do ar]", diz McDonald. "Mesmo quando nos mudamos para um século urbano, ainda existe um papel para a natureza e as árvores".

Outros estudos mostraram os surpreendentes benefícios para a saúde das árvores urbanas: a morte de árvores tem sido associada a um aumento da doença cardiovascular e ter árvores perto de uma casa está correlacionada com bebês nascidos com um peso mais saudável.


Com informações da Smithsonianmag.com

Por Letícia Jardim Guedes da redação do Áreas Verdes das Cidades

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site