sábado, 20 de junho de 2020

Praça Cidade de Milão em São Paulo

Praça Cidade de Milão fica localizada na Vila Nova Conceiçãono Jardim Luzitânia em São Paulo capital. Nasceu a partir de um acordo assinado em março de 1962, segundo o qual São Paulo e Milão são declaradas cidades irmãs gêmeas. Nesse mesmo ano, Gino Cassini, prefeito de Milão, inaugura na capital lombarda o Largo São Paulo e, em visita a São Paulo, no mês de outubro daquele ano e na presença de Francisco Prestes Maia, então prefeito de São Paulo, inaugura a Praça Cidade de Milão.
Praça Cidade de Milão

Horário de funcionamento:
Ininterrupto
Localização
Vila Nova Conceição, Jardim Luzitânia, São Paulo (SP)
Ver no mapa

Como ir à Praça Cidade de Milão

  1. Carro - clique em "Ver no mapa", traçando seu roteiro. Pode-se estacionar em algumas ruas próximas à praça, mas verifique sempre a sinalização de trânsito no local.
  2. Ônibus - linhas 509J-10 - Jardim Selma x Parque Ibirapuera e 875C-10 - Terminal Lapa x Metrô Santa CruzPara saber outras linhas de ônibus, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans (clique aqui). 

Infraestrutura da Praça Cidade de Milão 

Localizada próximo ao Parque Ibirapuera, na zona sul paulistana, um dos elementos principais da praça é a fonte, constituída, ao centro, pelos brasões das cidades de Milão e São Paulo, nas laterais, por quatro estátuas: Noite, Aurora, Crepúsculo e Dia, réplicas de obras renascentistas de Michelangelo, que estão na Capela dos Médici, em Florença, Itália. 

A praça tem uma boa área verde, oriunda de fragmentos da Mata Atlântica e outras espécies de árvores como eucaliptos, cedros, etc., oferecendo opções de diversão para toda a família. Os visitantes podem caminhar entre as árvores enquanto outros praticam ginástica (há aparelhos instalados pela Prefeitura de São Paulo) e as crianças divertem-se no playground existente.

Nas calçadas que circundam a praça vc pode praticar caminhada e/ou corrida. Há marcação no piso para portadores de deficiência visual e seu trajeto total mede em torno de 750 m, incluindo um trecho de terra, pois há uma instalação do 190 da Polícia Militar num de seus extremos. 

Você pode levar seu cachorro - aliás, na parte superior da praça há um espaço pet ou cachorródromo - não é preciso colocar seu cãozinho na coleira. Eles podem andar livremente, basta serem comportados. Só pedem atenção com os cachorros maiores. “Antes de subirem, eles precisam estar presos a coleiras para não causar medo ou assustar outros animais ou crianças”. Depois, eles são soltos e é pura diversão.

Flora
É constituída por árvores remanescentes de Mata Atlântica e outras já citadas, além de áreas gramadas.

Fauna
Vários pássaros ficam nas árvores da praça, especialmente os originários das espécies da Mata Atlântica.

Atenção! Não há sanitários disponíveis na Praça Cidade de Milão. Caso queiram alimentar-se ou beber algo, costuma haver ambulantes na Rua Diego Jacome, que margeia o local.

Normalmente há uma Base Comunitária Móvel da Guarda Civil Metropolitana na Praça Cidade de Milão, transmitindo uma maior segurança para quem a frequenta.  


História da Praça Cidade de Milão
Em 1962 o Prefeito Prestes Maia anuncia sua intenção de instalar no local reproduções realizadas em argamassa armada de quatro estátuas do gênio renascentista Michelangelo Buonartoti (Caprese, próximo a Arezzo, 1475 – Roma, 1564). Trata-se das alegorias que representam a Noite, o Dia, o Crepúsculo e a Aurora e cujos originais encontram-se na capela dos Medici, em Florença.

As reproduções foram contratadas junto ao Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, que desde o início do século XX guarda uma coleção em gesso de clássicos greco-romanos e renascentistas, provenientes de vários museus europeus.

A proposta para a Praça Cidade de Milão inspira-se nas fontes italianas e dispõem as estátuas em torno de um chafariz, de tal maneira que as alegorias femininas representando a Noite e a Aurora, de menores dimensões, fiquem em primeiro plano, enquanto que as representações masculinas do Dia e do Crepúsculo tomam lugar um pouco mais ao fundo, ladeando uma parede na qual figuram os brasões das duas cidades irmãs.

Essa disposição rompe com a disposição adotada por Michelangelo, em que Noite e Dia formam um casal colocado sobre o túmulo de Giuliano di Medici, enquanto que Crepúsculo e Aurora formam outro casal, que decora o túmulo de Lorenzo di Medici. Buonarroti executou-as entre 1526 e 1533, numa menção aos contrastes da passagem do tempo, da vida e da morte.

Embora a realização da obra tenha sido anunciada em 1962, ela foi efetuada somente em 1971

Houve uma restauração do local em 2004, mas decorridos alguns anos degradou-se novamente. Em 2017 ocorreu uma requalificação do local com a parceria de entidades públicas e privadas. A reinauguração oficial da requalificação da praça Cidade de Milão foi em 17 de dezembro desse ano, com apresentação de coral, músicas italianas, além da presença do prefeito da cidade e do embaixador da Itália.

Vale a pena na Praça Cidade de Milão
  • Levar as crianças para brincar no playground existente;
  • Levar seus cães para passear/brincar no espaço Pet ("cachorródromo") do local;
  • Caminhar pelas pistas/trilhas da praça apreciando seu entorno e
  • Praticar exercícios físicos nos equipamentos instalados na praça.
 ____________________________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações.
Fontes: Websites "Italia San Paolo" (http://www.italiapersanpaolo.com.br/) e "Istituto Europeo di Design" (https://ied.edu.br/) 
________________________________________________________________________________________________________

Veja vídeo da Praça Cidade de Milão feito na visita (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).


Fotos da Praça Cidade de Milão tirada no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do local).

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site