quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Parque Sabesp Butantã em São Paulo

Num domingo visitamos o Parque Sabesp Butantã, que fica localizado na Zona Oeste da capital paulista. Na data desta publicação é o mais novo parque da cidade, tendo sido inaugurado em 25 de julho último com 10.000 m² de área no total. É administrado pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo S/A).
Horário de funcionamento:
8 às 17h de 3a. feiras aos domingos (2a. feira fica fechado) 
Recursos:
        Playground   TrilhaProgramação cultural Acessibilidade
Telefones:
Ainda não há disponível
Localização:
Avenida Coronel Ferreira Leal, 305, Vila Gomes, São Paulo, SP
Ver no mapa

Para chegar ao parque utilize, entre outras, as linhas de ônibus de números 715M-10 (Jardim Maria Luiza/Largo da Pólvora), 775A-10 (Jardim Adalgiza/Pinheiros), 778J-10 (Jardim Arpoador/Metrô Barra Funda) e  8021-10 (Jardim Maria Luiza/Butantã), descendo no ponto da Av. Eng. Heitor Antônio Eiras Garcia, 209. Caminhe 350m (3min) até o local.
Para saber outras linhas de ônibus, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans (clique aqui).
De carro, vá ao box acima e clique em "Ver no mapa", traçando seu roteiro. 

Não há um estacionamento no parque, mas encontram-se vagas nas ruas que o circundam, devendo atentar para a sinalização de trânsito no local.

Sua infraestrutura é composta por playground, mirantes, aparelhos para ginástica, ponto para entrega de materiais recicláveis, sanitário (limpo no dia da visita) e bicicletário. O parque também abriga uma exposição permanente com painéis ilustrativos sobre distribuição, tratamento, consumo consciente, reúso de água e novas tecnologias do saneamento. A ideia é mostrar aos visitantes um pouco mais do trabalho desenvolvido pela Sabesp e conscientizar sobre a importância da preservação dos recursos hídricos. O parque tem rampas para garantir a acessibilidade a portadores de deficiência e suas luminárias são de LEDs.

Quanto a flora do local, houve a preservação de árvores existentes (143)  e 37 mudas das mais variadas espécies, plantadas no interior e entorno do parque.

Quanto a avifauna, observamos pássaros presentes no parque, principalmente nas árvores remanescentes do local, preservadas pelas obras de sua criação.

Não há lanchonetes no interior do parque. Caso queira, leve alimentos e bebidas de casa.

Não há restrições para animais domésticos, desde que os cães estejam em guias e focinheiras, estas para os mais bravos. Bicicletas acima de aro 14 são proibidas, como também os skates. 

Quanto à segurança geral do parque, observamos um vigia em ronda no dia da visita, transmitindo tranquilidade para os usuários.

Antes da inauguração, o lugar era destinado apenas ao Reservatório Butantã da Sabesp, que tem capacidade para 15 milhões de litros de água e atende a 18 bairros da região. As instalações foram adaptadas para criar um novo ambiente aberto ao público, com atividades para a terceira idade, entre outras atrações já mencionadas.
Cerca de 450 mil moradores do Butantã, Jd. Bonfiglioli, Rio Pequeno e outros bairros da zona oeste serão beneficiados pela implantação do parque.
As obras, que iniciaram em março de 2014, contaram com investimentos de R$ 6 milhões e geraram 260 empregos diretos e indiretos, segundo a Sabesp.


As obras do parque utilizam materiais ecologicamente sustentáveis (sistemas pré-fabricados e o conceito de obra seca), com pisos drenantes, que propiciam a absorção da água das chuvas pelo subsolo, alimentando o lençol freático. 

Vale a pena
  • Utilizar os mirantes para observar o entorno do parque e o horizonte da cidade que se descortina;
  • Atentar para os paineis que existem sobre o "Ciclo do Saneamento", que mostra as interessante etapas de como tratar a água e o esgoto, bem como utilizar a água racionalmente, preservando esse recurso precioso e
  • Caminhar pela rota acessível e pista do parque.
________________________________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações.
Fonte: Website da Sabesp (http://www.sabesp.com.br) e informações obtidas junto a administração no local.
________________________________________________________________________________________________________


Veja vídeo feito no Parque Sabesp Butantã, quando da visita.



A seguir, veja fotos tiradas no parque no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do parque).

8 comentários:

  1. Muito bacana pessoal não deixem de visitar

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana pessoal não deixem de visitar

    ResponderExcluir
  3. Moro muito próximo ao este parque, ele é pequeno mas muito relaxante, principalmente pela vista panorâmica dos mirantes. Recentemente vi um pica-pau de cabeça amarela bicando uma das árvores, achei curioso pois fora a primeira vez que visualizei está ave por aqui.

    ResponderExcluir
  4. Sou usuário frequente do Parque Sabesp Butantã e estou assistindo total descaso com a vigilância e limpeza dessa área tão importante para a cidade e seus habitantes. Estamos a um passo de ali se tornar um antro de criminosos, que irão se aproveitar desse descaso. Já há sinais que indicam essa possibilidade e são vários: muros pichados, gramados cheios de lixo industrial (garrafas pet, embalagens diversas), todos os bebedouros danificados e até pessoas querendo usar instalações para fumar maconha. Urge reverter essa situação e de modo rápido e eficaz. Inclusive promover campanhas educativas para que os usuários cuidem bem do local. O que pode diminuir muito as demandas por limpeza e transmitir com clareza que o local é seguro e bem cuidado. Estou fazendo reclamaÇão junto a Sabesp nesse sentido, mas como não sou o único que já tomou essa atitude, penso que será necessário que outros façam o mesmo para nao ter que lamentar depois.

    ResponderExcluir
  5. ainda não visitei, mas concordo que deva ter uma boa segurança e limpeza, senão vira bagunça mesmo. Não devemos deixar isso acontecer com todos os parques da cidade.

    ResponderExcluir
  6. sem segurança o parque virou ponto de droga para usuarios. está tendo muityo assalto.fomos assaltados e os moleques vieram de la pois não tem nenhum segurança no parque e nem para os moradores proximos

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site