quarta-feira, 4 de março de 2015

Templo Zu Lai em Cotia

Visitamos num domingo o Templo Zu Lai, que fica localizado em Cotia, cidade da Região Metropolitana de São Paulo e que tem 226.000 habitantes. É o maior templo budista da América Latina com 10.000 m² de área construída, ocupando um terreno com cerca de 150.000 m². Atenção: Conforme o site do templo, "os mestres e discípulos do Templo Zu Lai dão as boas-vindas a todas as pessoas e pedem a cada um que os visita que ao cruzarem os portais de entrada do templo tenham sempre em mente ser este um lugar privado e religioso cujas regras devem ser observadas", como restrição para a entrada com animais domésticos, bebidas alcoólicas, visitantes com roupas consideradas inadequadas, etc. Chamamos a atenção para os visitantes leiam as regras de conduta do templo que estão especificadas neste link.
Horário de funcionamento:
12h às 17h de Terças às Sextas, 9h30 às 17h aos Sábados, Domingos e Feriados. Segundas-feiras está fechado
Telefone:
(11) 4612-9805 / 4612-2895
Localização:
Estrada Fernando Nobre, 1461 (Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares), Cotia
Ver no mapa

Para ir ao local de transporte coletivo, vá à Estação Butantã do metrô (linha amarela) e dirija-se ao ponto de ônibus que fica na Praça Waldemar Ortiz (atrás da estação). Tome o ônibus EMTU 396 (Pinheiros x Cotia) e desça no Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares. Caminhe poucos metros no acostamento da via no sentido São Paulo até chegar à Estrada Fernando Nobre. Ande 1461 metros na Fernando Nobre onde à sua esquerda estará o templo.
Atenção! Há um ônibus do templo, ao custo de R$10,00, que sai da Rua Dr. Rodrigo Silva ao lado da loja Ikesaki próximo a Estação Liberdade do Metrô em SP em direção ao templo. Horário: 8h30 (somente aos domingos), voltando às 16h.
De carro, acesse o link "Ver no mapa" no box ao lado e trace seu roteiro. Há estacionamento para os veículos, gratuitamente, no local.

Infraestrutura
A estrutura principal do Zu Lai é um templo construído nos moldes da Dinastia Tang. É cercado por belos jardins com flores, bem como é preservada remanescentes da Mata Atlântica. Há um lago com uma pequena ponte em estilo japonês. Muitas esculturas estão espalhadas não só no templo, principalmente em sua entrada (são 18 Arhats), como também na área livre dos jardins e mata. Há uma Cafeteria (funciona de terça a sexta das 12h às 17h, sábados, domingos e feriados das 10h às 17h), Lojinha com artigos e livros budistas, Refeitório (aberto somente aos sábados, domingos e feriados das 12h às 14h30), pequeno Museu, Playground, Estacionamento gratuito para veículos, Telefones públicos e Elevador com acesso pelo pátio de manobras.

É importante ressaltar que o Templo Zu Lai tem como objetivo manter a tradição da natureza búdica, deixando-a ao alcance de todos. Seus frequentadores utilizam os ensinamentos do Budismo Humanista com o objetivo de ensinar os princípios do monastério Fo Guang Shan, divulgando o Budismo através da educação, cultura, filantropia e purificação espiritual.

avifauna é rica na área em torno do templo com muitas espécies oriundas da Mata Atlântica.

Atividades culturais e religiosas (palestras, cerimônias, retiros, etc.) são realizadas no templo com frequência. Para saber a programação contate os telefones da administração do templo ou pelo site do Templo Zu Lai.

Sinopse Histórica
Em 1992 o venerável mestre Hsing Yün veio ao Brasil, a convite de um templo da cidade de São Paulo, para uma cerimônia. Um discípulo presente perguntou se ele não poderia deixar um monge de sua comitiva no país para que os ensinamentos tivessem continuidade. A monja Chueh Cheng se dispôs a ficar e iniciar o projeto, ganhando posteriormente o nome "Mestra Sinceridade".

O discípulo que pediu ao mestre que deixasse um monge no Brasil doou uma casa em um sítio para que os trabalhos fossem realizados. Não muito pequena, tornou-se um espaço para as cerimônias, cultos e ritos.

Quatro anos mais tarde o número de seguidores passava de cem, o que levou a necessidade de se ampliar o espaço. Apesar da reforma feita, o local ainda não apresentava condições para abrigar os seguidores, então optou-se pela construção de um templo maior.

Como os arquitetos brasileiros envolvidos no projeto não conheciam a arquitetura de um templo, a "Mestra Sinceridade" montou uma equipe que viajou à China com o objetivo de conhecer os templos da Dinastia Tang.

A pedra fundamental foi lançada em 1999. Como as telhas e o parapeito do templo precisavam ser importadas da China, já que na época ninguém no Brasil fazia este tipo trabalho, os recursos foram insuficientes para que as obras tivessem início imediato, o que adiou a inauguração do Templo Zu Lai para 5 de outubro de 2003. 
O Zu Lai é um dos templos da Ordem Fo Guang Shan fundada pelo Venerável Mestre Hsing, cuja sede central está situada no condado de Kaohsiung em Taiwan.

Mais detalhes da história do templo pode ser conhecida no site oficial do Zu Lai (clique aqui).

Vale a pena
  • Visitar o Templo e arredores, atentando para as várias esculturas presentes;
  • Caminhar pelo jardim do templo, observando espécies de vegetação da Mata Atlântica e o canto de inúmeros pássaros existentes no local e
  • Participar de eventos culturais e religiosos promovidos pela administração do templo e visitas guiadas por monitores, que devem ser agendadas.
__________________________________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações. Para mais informações, ligue para o telefone da administração no box acima.
Fonte dos textos: "Website do Templo Zu Lai" (http://www.templozulai.org.br/) e Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/ )
___________________________________________________________________________________________________________


Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).
A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas no local).

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site