quinta-feira, 11 de julho de 2013

Parque Tenente-Brigadeiro Roberto Faria Lima em São Paulo

Visitamos num domingo o Parque Tenente-Brigadeiro Roberto Faria Lima, que fica no Parque Novo Mundo, Vila Maria, na Zona Norte da Capital e tem cerca de 50.000 m² de área total.
Foi criado pela Prefeitura de São Paulo numa praça que existia no local, destacando-se na paisagem do local a vegetação arbórea e e arbustiva, além de um bom campo de futebol de grama sintética.
Horário de funcionamento:
6h às 19h
Recursos:
        Quadra poliesportiva Campo de futebol  Playground  Trilha
Telefone:
                (11) 2207-1426               
Localização:
Rua Heróis da FEB, 322, Parque Novo Mundo, Vila Maria
Ver no mapa

Avaliação do parque (0 a 5) é 2,1.

Para ir ao parque, utilizando ônibus, pegue, entre outras, as linhas 121G-10 – Pq. Novo Mundo – Jaçanã, 172X-10 – Pq. Novo Mundo – Metrô Tatuapé, 271M-10 – Pq. Novo Mundo – Metrô Santana, 272N-10 – Pq. Novo Mundo – Pq. D. Pedro II  e 2761-10 – Pq. Novo Mundo – Metrô Tatuapé.
Para saber outras linhas de ônibus, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans (clique aqui). 

Não há estacionamento para veículos no parque, devendo o visitante de carro utilizar uma das ruas vizinhas ao parque, atentando para a sinalização de trânsito no local. Consulte o link "Ver no mapa" no box acima e trace seu roteiro

Infraestrutura
Pistas e trilhas para caminhadas, bicicletário, campo de futebol de grama sintética, quadra poliesportiva, playground, sanitários, vestiário, estares, passeios e bebedouros.

Fauna
Foram observadas 34 espécies de aves comumente encontradas em áreas abertas e bosques da cidade. São elas: gavião-carijó, tuim, anu-preto, beija-flor-de-peito-azul, pica-pau-do-campo, bem-te-vizinho-de-penacho-vermelho, pitiguari, tico-tico e sabiás. Corujinha-do-mato e coruja-orelhuda representam as rapinantes noturnas e o título das migratórias fica com tesoura e andorinhão-do-temporal.

Flora
A vegetação é composta por áreas ajardinadas e bosque heterogêneo. Destacam-se alfeneiro, árvore-orquídea, falsa-seringueira, paineira, pau-ferro, suinã, tipuana e unha-de-vaca. Destacam-se agrupamentos de bambu-imperial, um renque de cactos arborescentes e diversas espécies de palmeiras. Foram registradas 50 espécies, das quais o mandacaru, o pau-brasil e o pinheiro-do-paraná estão ameaçados.

Não há lanchonetes no interior do parque, mas vários ambulantes estavam nas proximidades da entrada principal do parque. Aos domingos há uma barraca nessa entrada, que vende pastéis e bebidas.

Há como agendar a utilização do bom campo de futebol com grama sintética que existe no parque. Caso se interesse, ligue para o telefone da administração. 

Não há restrições para animais domésticos, desde que os cães estejam em guias e focinheiras, estas para os mais bravos.

Bicicletas, skates e assemelhados são proibidos no parque. Há um bicicletário para serem guardadas nas proximidades da entrada principal do parque. 

Os sanitários estavam limpos e bem cuidados no dia da visita ao local. 

Quanto à segurança geral do parque, observamos vigias no dia da visita, que tranquilizam os frequentadores.

Sinopse Histórica
O Parque Tenente Brigadeiro Faria Lima foi oficialmente entregue em 20/06/2009.  O espaço, que anteriormente era uma praça, passou por amplas reformas e incorporou outros equipamentos, como campo de futebol, vestiário, pista de caminhada e quadra poliesportiva. São mais 50 mil metros quadrados de área verde, que receberam investimento da PMSP de R$ 1,6 milhão. O projeto desenvolvido no parque procurou manter a vegetação existente e revitalizar o entorno das aflorações de rocha e área de brejo. O local oferece também bicicletário (estacionamento para bicicletas), playground, sanitários e bebedouros. O novo espaço foi aberto à população no dia 4 de junho de 2009, Dia do Meio Ambiente, portanto alguns dias antes de sua inauguração oficial.

Informações gerais do parque podem ser obtidas pelo telefone da administração (11) 2207-1426.

Vale a pena
  • Usar o campo de grama sintética e quadra poliesportiva para praticar seu esporte compatível com o local e
  • Caminhar pelas pistas e trilhas, observando a vegetação ao redor e ouvindo o canto de inúmeros pássaros existentes no local.
Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).



A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do parque).


Soccer designed by Derek Britton from The Noun Project

4 comentários:

  1. Oi Guedes
    O pinheiro-do-paraná que você fala é a araucária?
    Sendo araucária, será muito difícil de crescer em São Paulo por causa da diferença climática entre os estados.
    Mesmo aqui em Aldeia da Serra, que sempre é de 2 a 3 graus mais frio do que em São Paulo, elas não vingam.

    ResponderExcluir
  2. Sim é a araucária. A que vimos no parque tem um porte pequeno, comparando-se com as do Sul do país. Ressaltamos, também, que para os itens fauna e flora de nossas postagens, consultamos sempre o site da SMVA da Prefeitura, que por meio de seus profissionais (engenheiros agrônomos, biólogos e botânicos) realizam levantamentos nos parques municipais das espécies existentes e postam essas informações na internet. Agradecemos seus comentários que contribuem para a melhoria contínua do site. Abs.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desse vídeo.
    Rosina

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site