terça-feira, 30 de outubro de 2012

"El Rosedal" - Parque Tres de Febrero em Buenos Aires - Argentina

Visitamos num domingo "El Rosedal", que fica localizado no bairro de Palermo em Buenos Aires e faz parte do complexo do Parque Tres de Febrero na capital argentina. Tem por volta de 3.400 m² de área, tendo sido inaugurado em 24/11/1914.

Horário de funcionamento:
9h às 18h no Inverno e 8 às 20h no Verão
Telefone:
(00) 54 11 4800 1135  
Localização:
Avenida Sarmiento x Avenida Figueroa Alcorta, Palermo, Buenos Aires, Argentina
Ver no mapa
Para acesso ao local (Av. Sarmiento x Av. Figueroa Alcorta) há inúmeras linhas de ônibus, entre as quais, a 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188 (Desde a Plaza de Mayo e Plaza San Martín linha 130).
A linha de metrô que serve o local é a "D" (Estação Plaza Italia).
Para ir de carro, consulte no box ao lado o link "Ver no mapa" e trace eu roteiro. Não há estacionamento para veículos no interior do "El Rosedal".

Para saber a previsão do tempo em Buenos Aires, onde fica "El Rosedal", clique aqui.

Infraestrutura
A área mais popular do Parque Tres de Febrero, rodeada por um dos lagos do parque, é o El Rosedal, protegida por uma cerca de ferro forjado. Suas principais atrações são: O Jardim dos Poetas, que exibe bustos que lembram importantes escritores de diferentes países; o Pátio Andaluz (construído em 1929); um Pergolado, coberto de rosas trepadeiras, que culmina na obra escultórica de Emile Peynot “Ofrenda Floral a Sarmiento” e a Ponte, construída de madeira de frente para o lago, projetada pelo engenheiro agrônomo Benito Carrasco em 1914. O Jardim de Rosas com seus diferentes canteiros, é o coração do parque, onde na primavera florescem de 12.000 a 18.000 rosas, divididas em 1.189 espécies. Há bebedouros e sanitários, que estavam limpos e bem cuidados no dia da visita.
Localiza-se no interior do El Rosedal, o Museu Eduardo Sívori (Rua Infanta Isabel, 555), o mais antigo da cidade. Possui um patrimônio de mais de quatro mil e quinhentas obras de arte argentina, tais como, esculturas, tapetes e importantes coleções de desenho.

Não há lanchonetes no parque, no entanto observamos ambulantes próximos às entradas do local.

Não são permitidos animais domésticos e bicicletas no interior do El Rosedal. 

Não observei vigias/guardas, mas nos sentimos seguros percorrendo o local durante o dia.

História
Em 11 de novembro de 1875, por iniciativa do presidente Domingo F. Sarmiento, foi inaugurado o parque “Tres de Febrero” (data da "Batalha de Caseros"), onde está inserido El Rosedal. O projeto original esteve a cargo dos arquitetos Ernesto Oldendorf, Fernando Mauduit e Jordan Wysocky, e foi finalizado em 1876 pelo arquiteto Júlio Dormal.
As ampliações posteriores (entre 1892 e 1913) estiveram a cargo do paisagista Carlos Thays.
Foi Joaquin Anchorena, prefeito de Buenos Aires entre 1910 e 1914, que promoveu a idéia de criar um jardim de rosas no parque. Benito Carrasco, discípulo de Thays, e que foi chefe do Departamento de Parques, construiu El Rosedal numa área de 3,4 hectares, atualmente localizada entre as avenidas Infanta Isabel, Iraola e Presidente Pedro Montt. Neste local foram colocadas bandeiras das províncias durante o desenvolvimento da Exposição Industrial de 1910.
O trabalho foi concluído entre 05 de maio e 22 de novembro de 1914. Naquela ocasião, 14.650 rosas foram plantadas, abrangendo diversas espécies. Colocou-se um pergolado em estilo grego, que faz fronteira com o lago, um coreto e um cais.
El Rosedal foi inaugurado oficialmente em 24 de novembro de 1914.
Em 1920, anexou-se um jardim andaluz, projetado por Eugenio Carrasco, irmão de Benito e sucessor no Departamento de Parques. Em 1929 acrescentou-se ao jardim um Pátio Andaluz, presenteado pela prefeitura da cidade de Sevilha na Espanha.
Em 1994, com o apoio da empresa YPF, iniciarem-se obras de restauro, que levaram 2 anos para torná-lo o mais parecido possível, quando de sua inauguração em 1914.
Em 2008, houve uma parceria com empresa Repsol YPF, sendo implantadas 5.000 rosas novas. Especialistas em restauro trabalharam nos monumentos e ornamentos. Instalou-se um sistema de aspersão que foi adaptado para as novas necessidades hídricas do local, a iluminação e as 5 fontes foram restauradas, bancos foram substituídos e melhoradas as cercas do perímetro.

Informações gerais do El Rosedal podem ser obtidas pelo telefone (00 XX 54 11) 4800 1135 ou pelo e-mail parquetresdefebrero@buenosaires.gov.ar

Vale a pena
  • Caminhar observando a vastíssima quantidade e belas espécies de rosas ao redor;
  • Andar de pedalinho pelos lagos do El Rosedal;
  • Visitar o Museu Eduardo Sívori e seu belo acervo;
  • Observar as várias esculturas ao longo do local, principalmente no Jardim dos Poetas e
  • Caminhar pelo Pátio Andaluz, curtindo sua arquitetura.

Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugiro "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).

A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita.
Panorâmica da entrada principal do El Rosedal
Mapa de orientação aos visitantes
Faixa de pedestre que dá acesso à entrada principal
Entrada principal
Placa com orientações aos visitantes
Fonte d'água logo após a entrada principal
Rosas da espécie "Iceberg", que florescem o ano todo
Rosas da espécie "Iceberg", que florescem o ano todo
Esculturas diversas (Jardim dos Poetas)
Céu contrastando com árvores numa manhã de primavera em El Rosedal


Fontes d'água










Jardim de Rosas com o pergolado ao fundo








Espécies diversas de rosas (há 1.189 espécies diferentes)
Espécies diversas de rosas (há 1.189 espécies diferentes)








Luminária do jardim
Lavandas à esquerda
Lavandas














Avifauna do presente no local







Pedalinhos com visitantes no lago 


Bebedouro

Ponte Grega
Museu Eduardo Sívori
Museu Eduardo Sívori
Pergolado






Pergolado




Obra do escultor E. Peynot intitulada "Ofrenda Floral a Sarmiento" (Doação do Governo do Chile)


Ponte sobre o lago
Sanitários





Pátio Andaluz






Uma das praças que dão acesso ao El Rosedal
Uma das quase 1.189 espécies de rosas do El Rosedal (contribuição de Ivone Costa)
Uma das quase 1.189 espécies de rosas do El Rosedal (contribuição de Ivone Costa)
Uma das quase 1.189 espécies de rosas do El Rosedal (contribuição de Ivone Costa)
Uma das quase 1.189 espécies de rosas do El Rosedal (contribuição de Ivone Costa)

5 comentários:

  1. Gostei demais . Achei bem cuidado E melhor ainda não oferecer perigo. Obrigada pelo bom trabalho. Sem dúvida vou conhecer quando voltar à B A .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós que agradecemos sua visita e comentário no site, Terezinha! Esse lugar realmente vale uma visita. Abs

      Excluir
  2. Lugar belo! Muito bem cuidado esse parque! Já houvi falar nele, ótimo lugar para namorar dançando tango! :D

    ResponderExcluir
  3. É lindo. Mas tem que ir no verão. Fui no final de setembro e não tinha rosas.

    ResponderExcluir
  4. Perefeito...pena queno Brasil ninguem conserva.

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site