quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Parque Previdência em São Paulo

Visitamos no feriado de 7 de setembro o Parque Previdência, que fica localizado no Jardim Previdência, Zona Oeste da Capital, e tem por volta de 91.500 m² de áreaFoi fundado em 21 de setembro de 1979, tendo recebido este nome por que o ex-Instituto de Previdência do Estado de São Paulo (IPESP), hoje Instituto de Pagamentos Especiais de São Paulo, adquiriu essas terras no anos de 1950.
Horário de funcionamento:
7h às 18h
Telefone:
(11) 3721-8951
Localização:
Rua Pedro Peccinini, 88, Jardim Previdência
Ver no mapa

Avaliação do parque (0 a 5) é 2,7.

Para o acesso ao parque (Rua Pedro Peccinini, 88), pegue as linhas de ônibus 477P-10 - Ipiranga x Rio Pequeno; 6206-10 - Jd. D’Abril x Term. Bandeira; 6206-41 - Jd. D’Abril x Hosp. das Clínicas; 7002-10 - Jd. Rosa Maria x Hosp. das Clínicas, entre outras. Para saber outros números de linhas, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans (clique aqui). 
De carro, consulte o link "Ver no mapa" no box ao lado e trace seu roteiro. Não há estacionamento para veículos no interior do parque, mas se pode parar com facilidade nas ruas próximas à entrada principal, observando, sempre, a sinalização existente.

Infraestrutura
Área de estar, trilhas, pista de cooper e caminhada, sanitários (merecem maior atenção da administração do parque quanto a manutenção e conservação), playgrounds, viveiro de animais, orquidário, espelhos d’água, Museu de Meio Ambiente e Centro de Convivência e Cooperativa (CECCO), que é gerenciado pela Secretaria Municipal da Saúde.
No local há também um ponto de coleta de materiais recicláveis, óleo de cozinha e lixo eletrônico (recolhe-se todo e qualquer material abastecido por pilhas, baterias e energia elétrica, exceto lâmpadas e "tonners"). 

Não há lanchonetes no parque, mas há ambulantes próximos à entrada principal do local.

Flora
Remanescente da Mata Atlântica, com exemplares de pau-jacaré, cedro-rosa, pau-de-tucano, samambaiaçu, jequitibá e tapiá-guaçu. Contíguo a este remanescente há uma área com reflorestamento heterogêneo. Na área ajardinada destacam-se tipuana, pinange, paineira, pau-brasil, falsa-seringueira, jacarandá-paulista, alfeneiro, faveira e flor-de-abril.

Fauna
Num total de 63 espécies de animais, foram observadas 58 espécies de aves, das quais seis são endêmicas de Mata Atlântica, tais como periquito-rico, pica-pau-anão-de-coleira, arredio-pálido e a cigarra-bambú. O local já recebeu visita de aves que são endêmicas e ameaçadas de extinção do Estado de São Paulo e globalmente ameaçadas, como o chibante e a araponga. Outras são costumeiramente observadas como alma-de-gato, corujinha-do-mato, beija-flor-preto-branco e bentevizinho-de-penacho-vermelho.

Não há restrições para animais domésticos, desde que os cães estejam em guias e focinheiras, estas para os mais bravos.

Há vários vigias no parque, conferindo-lhe segurança

Sinopse Histórica
Na década de 1950 o ex-IPESP adquiriu terras na região e parte delas foi transferida para a Prefeitura de São Paulo, tendo no passado construído um reservatório de água que abastecia o bairro até o ano de 1968, quando este passou a receber água encanada de outra estação. Em 21/09/1979 foi inaugurado o Parque Previdência. A antiga casa de bombas e a estação de tratamento de água foram adaptados, e nesta estrutura funcionam hoje o Museu do Meio Ambiente, o Núcleo de Gestão Descentralizada Centro Oeste (unidade descentralizada da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente) e um Centro de Convivência e Cooperativa da Secretaria Municipal da Saúde. O antigo reservatório é hoje ocupado pelo Grupo Escoteiro Raposo Tavares.

Vale a pena
  • Caminhar e/ou correr pela "Trilha do Jequitibá, que em seu percurso cruza com a árvore que lhe dá o nome. Seu trajeto apresenta algumas variantes, sendo que o percurso termina no ponto onde se inicia. Em todo o trajeto o piso é de terra, com algumas cercas de madeiras nos pontos mais íngremes. Observe uma abundante vegetação da Mata Atlântica ao redor;
  • Participar de cursos e eventos do Núcleo de Gestão Descentralizada Centro-Oeste1 sobre assuntos referentes a educação ambiental, fiscalização, arborização e biodiversidade (clique aqui)Informações e reservas pelo telefone 3721-7430; 
  • Ver a curiosa árvore "flor-de-abril" com suas flores e frutos, conhecida também como a "árvore-do-dinheiro" e
  • Observar gansos "brincando" num pequeno espelho d'água existente próximo aos aparelhos para ginástica, logo após a entrada principal do parque.

Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugiro "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).



A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita.
Entrada principal do parque


Hortênsia

Administração do parque

Gansos

Gansos

Aparelhos para ginástica

Playground para crianças

Playground

Mesas para piqueniques




Passarela logo após a entrada do parque



Escadas que dão acesso a parte superior do parque


Esquemático da Trilha do Jequitibá com sugestões para percorrê-la

Sanitários

Ex-reservatório d'água, sendo atualmente ocupado pelo Grupo Escoteiro Raposo Tavares 

Aparelhos para ginástica

CECCO do Parque Previdência



Centro de Educação Ambiental e Museu do Meio Ambiente



Ex-reservatório d'água, sendo atualmente ocupado pelo Grupo Escoteiro Raposo Tavares 

Árvore "Flor-de-Abril"

Fruto da Árvore "Flor-de-Abril"




Ex-reservatório d'água, sendo atualmente ocupado pelo Grupo Escoteiro Raposo Tavares 



Orquidário

Trilha do Jequitibá


Trilha do Jetiquibá

Trilha do Jetiquibá


Trilha do Jetiquibá




Trecho da Trilha do Jetiquibá


Trilha do Jetiquibá



Trilha do Jetiquibá

Trilha do Jetiquibá




Bicicletário



Entrada principal


Panorâmica do parque com sua entrada principal à esquerda

Horta no Parque Previdência




4 comentários:

  1. Só uma pequena correção na descrição da fauna do parque...
    Essas aves brancas não são Cisnes, são Gansos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecendo ao comentário do internauta, ressaltamos que já corrigimos a informação na publicação do site.

      Excluir
  2. Uma pena que esse parque foi abandonado pela prefeitura e subprefeitura de São Paulo. Hoje só se vê mato alto, brinquedos quebrados e enferrujados e falta de segurança. Triste!

    ResponderExcluir
  3. Em fevereiro e em novembro de 2016 estive no parque com a escola. Passamos uma manhâ maravilhosa. estava tudo arrumado e o banheiro bem limpo. foi uma delícia.
    Andrea

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site