sexta-feira, 8 de junho de 2012

Parque Benemérito José Brás em São Paulo

Nossa visita, desta vez, foi ao Parque Benemérito José Brás, que fica no bairro do Brás na zona leste da capital e tem uma superfície de cerca de 27.000 metros quadrados. É um parque criado em 08/01/2011, sendo implantado onde antes havia uma antiga praça, na saída do Metrô, por solicitação da comunidade local, que já utilizava o local para jogar futebol, exercícios de ginástica para idosos e trabalhos com crianças. 
Horário de funcionamento:
7h às 18h
Recursos:
  Quadra poliesportiva     Playground   Trilha Programação cultural
Telefone:
 (11) 3207-4706
Localização:
Rua Piratininga, 365, Brás
Ver no mapa

Avaliação do parque (0 a 5) é 2,1.

Para chegar ao local há várias linhas de ônibus que servem o parque, entre as quais a 2100-10 - Term. Vila Carrão - Praça da Sé, 2501-10 - Ermelino Matarazzo -Term. Parque Dom Pedro II, 172T-10 - Metrô Brás - Vila Nova Galvão Nova e 174M-10 – Museu do Ipiranga / Jd. Brasil. Pelo Metrô, descer na Estação Brás (Linha 3 - Vermelha). 
Para ir de carro, consulte o link "Ver no mapa" no box ao lado e trace seu roteiro. Não há estacionamento para veículos, que podem ficar em ruas próximas ao parque (observar sinalização existente).

Infraestrutura
Pista de cooper e caminhada, pergolado, aparelhos de ginástica, bicicletário, três quadras poliesportivas, área de eventos, área de estar com mesas de damas/xadrez e acesso a cadeirantes e sanitários. Também há um espaço para a prática de exercícios ao ar livre com alguns aparelhos.

Quanto à fauna presente, foram observadas espécies de aves comuns da cidade de São Paulo, a exemplo de: rolinha, quero-quero, joão-de-barro, bem-te-vi, sabiá-laranjeira, sanhaçu-cinzento, periquito-rico, canário-da-terra, chopim e pardal.

A flora é composta de vegetação por gramados, áreas ajardinadas e arborização esparsa. Destacam-se alfeneiro, aroeira-salsa, chapéu-de-sol, chuva-de-ouro, espatódea, faveira, figueira-benjamim, ipê-de-el-salvador, ipê-de-jardim, jambolão, mangueira, palmeira-imperial, pau-brasil, sibipiruna e uva-japonesa.


Não há restrições para animais domésticos, desde que os cães usem coleira e focinheiras (caso sejam bravos). Bicicletas não podem circular pelo parque (há um bicicletário para "guardá-las") e os skates e patins devem ser usados na arena destinada para tal.

Há vigias que conferem segurança ao local.

Informações gerais sobre o parque, inclusive sobre sua programação cultural e esportiva, podem ser obtidas pelo telefone da administração (11) 3207-4706.

Destaque para a participação de 3 ONGs que ajudam na gestão do parque, o Instituto Amigos da Praça nos Trilhos da Cidadania, o Instituto Pró-diversidade e o Centro Cultural Desafio Alfa, entidades que ajudaram a comunidade na luta pela construção do espaço, e, hoje, fazem parte do Conselho do parque.

Vale a pena
  • Percorrer as pistas existentes, principalmente as próximas do pergolado e
  • Participar de eventos e atividades voluntárias regulares que são promovidos com frequência no parque.
Vejam vídeo do local (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).



A seguir, v. fotos tiradas no parque no dia da visita.
Entrada principal do parque pela Rua Piratininga, 365

Árvores ao lado da pista para correr/caminhar

Quadra para basquete

Jardim ao lado das quadras

Panorâmica das quadras poliesportivas
Casa da administração ao fundo

Jardim com quadra ao fundo

Panorâmica das quadras com o viaduto do Metrô acima


Bebedouros

Arena para práticas diversas (skate, patins, eventos, etc.)
Equipamentos disponíveis no parque para ginástica

Equipamentos para a prática de exercícios



Panorâmica da arena para práticas diversas



Área de estar com mesas para damas e xadrez


Estação Brás do Metrô ao fundo

Pergolado no meio dos jardins

Panorâmica mostrando pistas e o pergolado à esquerda


Pistas com a Estação do Brás ao fundo


Pergolado

Pergolado

Mesa para jogar Damas ou Xadrez

Visão do parque com os viadutos com os trilhos do Metrô 

Escola Municipal que fica ao lado do parque

Entrada pela Rua Campos Sales

Arquibancada para assistir jogos nas quadras


Evolução da área onde hoje está o parque

Casa da administração do parque e sanitários

Quadro com as atividades do parque

Casa da administração

Canteiro com plantas recém implantadas

Bicicletário



Pista logo após entrada do parque pela Rua Prudente de Morais

Entrada pela Rua Prudente de Morais
Calçada da Rua Prudente de Morais, ao lado do parque


5 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa!!...Amei este blog...isto nos incentiva a sair de casa e conhecer estes redutos da natureza q ainda temos nesta nossa amada metrópole...

    ResponderExcluir
  2. Não se trata de um parque,é uma praça que fica embaixo do viaduto,muito frequentado por moradores de rua e usuários de drogas que ficam na região do brás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano, você está equivocado e divulgando uma falsa imagem do local! Sou representante voluntária dos cidadãos no Conselho Gestor e gostaria muito q você viesse conhecer tudo que é oferecido a população ali! Além de muitas atividades ligadas ao bem estar e saúde (veja em http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_centrooeste/index.php?p=24493), hoje o Parque é um pólo de Educação Ambiental, com muitos cursos para a população. Nosso empoderamento do espaço é que o tornará mais e mais um lugar do qual nos orgulhamos em frequentar. O Parque tem uma área de 26.568 m², então nem dá para pensar que é uma praça! É administrado pela Secr.do Verde e Meio Ambiente da PMSP, conta com manejo e segurança patrimonial.

      Excluir
  3. so por que e frequentado por esses tipos de pessoas nao vamos sair de case nao é

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site