quarta-feira, 7 de agosto de 2019

9 de agosto: Dia Internacional dos Povos Indígenas


O dia 9 de agosto é o Dia Internacional dos Povos Indígenas e foi estabelecido pela Unesco para comemorar e conscientizar todo o mundo para as riquezas e as necessidades desses grupos populacionais, que representam 5% da população mundial (370 milhões de indígenas) em 90 países.

Os povos indígenas, cada qual com suas características únicas, estão indiscutivelmente entre os grupos de pessoas mais desfavorecidos e vulneráveis ​​do mundo – são 15% da população mais pobre do mundo. Segundo a Unesco, “a comunidade internacional agora reconhece que medidas especiais são necessárias para proteger seus direitos e manter suas distintas culturas e modo de vida”. 


A comemoração da data é importante para conscientizar o mundo para a preservação destes grupos populacionais responsáveis por imensa riqueza cultural, social e de integração com o meio ambiente.

A data foi escolhida em reconhecimento à primeira reunião do Grupo de Trabalho das Nações Unidas (ONU) sobre Populações Indígenas realizada em Genebra em 1982.

2019: Ano Internacional das Línguas Indígenas

A Unesco determinou o ano de 2019 como o Ano Internacional das Línguas Indígenas (International Year of Indigenous languages – IYIL2019) para a conscientização da necessidade urgente de se preservar, revitalizar e promover as línguas indígenas no mundo. Atualmente, existem por volta de 6 a 7 mil línguas no mundo. Cerca de 97% da população mundial fala somente 4% dessas línguas, e somente 3% das pessoas do mundo falam 96% de todas as línguas existentes.

A ONU pretende preservar estas línguas que reúnem em si próprias a história, as tradições e a memória destes povos que aumentam a diversidade linguística em todo o mundo.

Povos indígenas no Brasil

Os dados mais recentes são do Censo 2010, que indicavam mais de 240 povos indígenas - 896.917 pessoas – 0u 0,47% da população total do país na época. Destes, 324.834 vivem em cidades e 572.083 em áreas rurais.

No Brasil, a grande maioria das comunidades indígenas vive em terras coletivas, declaradas pelo governo federal para seu usufruto exclusivo. As chamadas Terras Indígenas (TIs) somam, hoje, 721 áreas.

Nos estados da Amazônia Legal brasileira a população de pessoas indígenas, conforme o Censo IBGE 2010, é de 433.363 (somando os estados Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e Maranhão - desconsiderando que apenas parte do Maranhão é Amazônia Legal).


Com informações da Unesco e do site Povos Indígenas do Brasil 

Por Letícia Jardim Guedes - Áreas Verdes das Cidades


0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site