quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Verão de 2017 será mais ameno; Confira também as plantas que florescem na estação

Verão começou às 08h44 de 21/12/2016, no Hemisfério Sul. O meteorologista Alexandre Nascimento, do Climatempo, acredita que este verão será mais próximo de suas características normais - não tão quente como os verões dos dois últimos anos.

O verão de 2017 terá um pouco da influência do fenômeno La Niña, que é o resfriamento da temperatura do oceano Pacífico na região do equador que causa o aumento da quantidade de chuvas em grande parte do país. Mas a La Niña está fraca - a redução da temperatura no Pacífico é cerca de 0,5°C - o que altera muito pouco as características do verão: os níveis de chuva e temperatura devem manter-se dentro do normal da estação.

Segundo o Climatempo, o verão de 2016 foi um dos mais intensos já registrados desde os anos 1950, comparável ao de 1997/1998, o mais forte cientificamente documentado até agora. Por conta do El Niño, que é o fenômeno de aquecimento do oceano Pacífico na região do equador, as temperaturas subiram acima da média. Entretanto em 2017, já com o fim do El Niño, os termômetros voltam à normalidade.

A expressão Verão vem do latim vulgar (veranum, i.e., veranuns tempus). Esta estação engloba também os meses de janeiro, fevereiro e março, com pico em janeiro, mês considerado de alta temporada de férias no Brasil. 

A estação de verão é caracterizada, basicamente, por dias mais longos que as noites. Ocorrem mudanças rápidas nas condições diárias do tempo, levando à ocorrência de chuvas de curta duração e forte intensidade, principalmente no período da tarde. 
Considerando o aumento da temperatura do ar sobre o continente, estas chuvas são acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento, em particular nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País. 

Os maiores totais acumulados de chuva concentram-se principalmente nas Regiões Sudeste, Centro-Oeste e extremo sul do Amazonas com valores médios superiores a 600 mm. Estas chuvas podem estar associadas à passagem de sistemas frontais e à formação do sistema meteorológico conhecido por Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), cuja principal característica é a ocorrência de chuvas por vários dias, resultando em enchentes e deslizamentos de terra. 

Na Região Nordeste, iniciam-se as chuvas, com valores máximos no mês de fevereiro. Dependendo da qualidade do período chuvoso, esta estação pode ser caracterizada pela ocorrência de “veranicos” (períodos de estiagem com duração de 7 a 15 dias). 
Na Região Sul, as chuvas variam entre 300 mm e 500 mm.
(Fonte CPTEC do INPE)

Curiosidades
As estações do ano no Brasil são assinaladas oficialmente nos dias dos solstícios e nos dias dos equinócios. Como o Brasil está (quase totalmente) no hemisfério sul, a primavera inicia-se em setembro, o verão em dezembro, o outono em março e o inverno em junho. Entretanto, as quatro estações propriamente ditas só existem de fato na Região Sul, nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, e nas regiões serranas de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, que ocupam pouco mais de 15% do território. Na Amazônia não há variação significativa de temperatura e pluviosidade durante o ano todo, por isso na prática não há estações do ano. Nas demais regiões, existem apenas duas estações: a estação chuvosa e a estação seca.
Jardim de Verão - sibipirunaEm dezembro, com a chegada do verão, continua a explosão de cores nas ruas e jardins.
As florações se sucedem, encantando nossos natais e a estação.
Para alguns Estados brasileiros que têm estações mais definidas de invernos frios, como Sudeste e Sul, a diferença nas plantas na primavera e verão são bem mais exuberantes.
Os demais têm o privilégio de vegetação espetacular o ano todo, por conta das plantas de características tropicais, de muita folhagem e flores de formato exótico.
No verão estão florescidas algumas árvores, como a sibipiruna (Caesalpina peltophoroides) e a aleluia ou fedegoso (Senna machanthera) , de flores amarelas em abundante floração.
Conforme avançamos pelo verão, as tibuchinas (Tibouchina urvelliana) começam a nos deslumbrar com a florada em rosa ou roxo, ornamentando jardins e ruas.

Trepadeiras que florescem no verão 

OS ARBUSTOS SÃO O QUE CONFEREM AOS JARDINS UMA IDENTIDADE, COMPONDO ESPAÇOS, ORNAMENTANDO CANTOS, PÉRGULAS E MUROS.

Jardim de Verão  amor agarradinhoAo projetar um jardim podemos incluir trepadeiras que floresçam durante o verão, entre tantas sugerimos a alamanda amarela (Allamanda cathartica) , a trombeta-chinesa (Campsis grandiflora) e o amor-agarradinho (Antigonon leptopus).
Escolheremos uma delas, pois o amarelo vivo da alamanda ilumina o espaço e também é muito vibrante.
Sua cor não ficaria harmoniosa com a trombeta-chinesa que é cor de laranja rosado, também muito florífera e do tipo invasora de espaços, necessitando de um muro alto para se desenvolver em todo o seu esplendor.
amor-agarradinho é uma trepadeira de grande desenvolvimento.
Suas flores cor-de-rosa claro são perfumadas e atraem abelhas, nem sempre indicada para áreas de jogos infantis.
Mas é uma planta de aparência delicada e ficará perfeita sobre uma cerca de divisa com um vizinho amigo, os dois usufruindo de sua beleza. Podemos encontrar suas flores também em cor branca, mas não tem a mesma exuberância de floração nem é tão vistosa.

Arbustos que florescem no verão  

Os arbustos que florescem nesta estação são de vegetação perene.
Jardim de Verão - hibiscus - cerca vivaFazem parte de projetos que podem ser sustentáveis, se usarmos nativas, como a caliandra (Calliandra), a alegria-de-jardim (Salvia splendens) e a alamanda arbustiva (Allamanda laeves).
Algumas exóticas como a sálvia azul (Salvia farinacea) e os hibiscos (Hibiscus rosa-sinensis e Hibiscus syriacus), podem ser introduzidos, pois atraem beija-flores e borboletas com seu néctar.
Os hibiscos podem fazer a cerca – viva de uso privativo que necessitamos ao redor de piscinas e de entradas.

Herbáceas perenes do verão

herbaeas-verao
Dentre as herbáceas perenes florescidas nesta época estão as helicônias (Heliconia) e estrelízias (Strelitzia), que são de sombra e sol, respectivamente.
As helicônias ficam excelentes contra muros altos de entrada de automóveis, para separação de ambientes, formando belas touceiras.
Já a strelitzia fica melhor e se desenvolve bem florescendo em local de solo mais úmido e a pleno sol.

Algumas herbáceas anuais de verão:

As herbáceas anuais de verão fazem a festa mais bonita, com suas cores vibrantes com a nota alegre para qualquer tipo de jardim.
onze-horasPoderão formar grupos que chamamos de manchas em paisagismo, em canteiros de formatos variados.
A torênia produz flores rosa, azul-claro e escuro e poderemos misturá-las ou fazer grupos com desenhos com uma cor.
Para quem já tem um jardim estruturado e não deseja fazer canteiros ou retirar plantas para colocar as anuais, poderá optar por vasos.(Fonte: Texto da Engª Agrônoma Miriam Stumpf no Site "FazFácil - Plantas & Jardim").
Vejam mais fotos sobre sobre as plantas que florescem no verão, abaixo ("clique" em qualquer uma das fotos e será aberto, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador. Por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), você pode visualizar nesse modo de exibição, todas as fotos em boa resolução).


Por Letícia J. Guedes da Redação do site Áreas Verdes das Cidades

1 comentários:

  1. Este e-mail tem um rol de ensinamentos para aplicar nos próprios da PMSP. Tomara o novo Prefeito adote-os na sua administração.

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site