terça-feira, 9 de agosto de 2016

Parque Cidade de São Bernardo Raphael Lazzuri em São Bernardo do Campo

Parque Cidade de São Bernardo Raphael Lazzuri, visitado num domingo, fica localizado no Bairro Anchieta na cidade de São Bernardo do Campo no ABC paulista. O parque, que ocupa uma área de 25.000 m², tem um relevo pouco acidentado, sendo que as árvores já formadas fazem parte do antigo viveiro de plantas. O projeto de sua criação buscou estruturar os espaços de forma que eles pudessem se interligar, adaptando a inclinação do terreno, com um programa bem definido onde contemplação, esportes, educação, recreação infantil e eventos culturais, se desenvolvem com elementos como a vegetação, o curso d’água e uma parede de pedra formando cascata, proporcionando uma grande variedade de cenários.
Horário de funcionamento:
6h às 22h 
Telefone:
(11) 4332-4510
Localização:
Avenida Kennedy, 1.111, Bairro Anchieta, São Bernardo do Campo, SP
Ver no mapa

Como chegar ao parque
Use as linhas de ônibus de números 154 - São Paulo (Terminal Sacomã) e 359 - São Bernardo do Campo (Paço Municipal)Para saber outras linhas de ônibus, fornecendo origem e destino, consulte o site da SBCptrans (clique aqui).
De carro vá ao box ao lado e clique em "Ver no mapa", traçando seu roteiro.

Não há estacionamento para veículos no interior parque, mas há vagas no estacionamento do Ginásio Poliesportivo da cidade, que fica próximo do local.

Infraestrutura do parque
Há pistas de cooper e caminhada com 400 e 650 m de extensão, brinquedos infantis, área destinada a atividades físicas (aparelhos em madeira e barras de ferro, que são as barras fixas, pranchas para abdominais e aparelhos para alongamento), teatro de arena com espetáculos gratuitos (como de circo), curso d'água sobre parede de pedra em forma de cascata, lanchonete, sanitários (limpos no dia da visita, mas com alguns vasos sanitários quebrados que merecem a atenção da administração) e fraldário. Também possui sinalização para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Para as atividades físicas há ainda um tablado de madeira que é destinado para atividades orientadas. O piso é composto por pedriscos e há pictogramas com instruções para alongamento.

Flora do parque
Fragmentos remanescentes da Mata Atlântica foram preservados no projeto do parque, onde era um viveiro.

Fauna do parque
É composta, basicamente, por pássaros que voam pelo local, ecoando seus cânticos.

Há uma lanchonete com mesas e cadeiras no interior do parque, que vende bebidas e alimentos num ambiente agradável.

No tocante à segurança geral do parque, observamos policiais percorrendo-o, transmitindo tranquilidade aos visitantes.

Atenção! Há restrição para a entrada de animais domésticos no parque, bem como a  utilização de bicicletas, bolas, skates, patins e assemelhados e refeições.

Sinopse histórica
O Parque foi construído em uma área onde funcionava a Seção de Parques e Jardins e viveiro de plantas da prefeitura do município, situado em um dos bairros centrais e nobres da cidade. Ao lado do viveiro havia uma ampla área livre pertencente à prefeitura que foi utilizada para a construção de um ginásio Poliesportivo, a abertura de novas avenidas e amplo estacionamento em torno do ginásio, tornou o ambiente pronto para a implantação do parque. A construção deste ginásio propiciou o embelezamento do entorno e o inicio da utilização do local, antes da implantação do parque as pessoas já utilizavam os estacionamentos livres do ginásio para fazer caminhadas e levar as crianças passear de bicicleta. Os estacionamentos também passaram a ser utilizado pela prefeitura para a realização de eventos como feiras típicas e eventos esportivos.


O parque foi projetado pelo Arquiteto Jurandir Prestes Junior, que foi responsável pelo planejamento e acompanhamento da execução da obra, e foi determinando “in loco” como e onde deveriam ser executadas as pistas, demais instalações e paisagismo, declarando que não houve um projeto detalhado que sucedeu a implantação.

O Parque Cidade de São Bernardo recebeu a denominação de Raphael Lazzuri que teve o nome definido pela lei 5.501/06 de autoria do executivo. Raphael e seu irmão Paolo contribuíram para o desenvolvimento da cidade, pois valorizaram a terra, geraram riqueza e empregos, além disso, deixaram um grande legado de respeito ao próximo.
Raphael Lazzuri nasceu em 23 de abril de 1872, na Itália. Imigrou para o Brasil e instalou-se em São Bernardo. Em sua fazenda, no Bairro Alvarenga, criava gado e plantava frutas e legumes, que eram exportados. Raphael sempre foi uma pessoa ativa e colaborou com o desenvolvimento da cidade. Foi grande defensor do meio ambiente, buscando a preservação da Mata Atlântica. Faleceu em 31 de agosto de 1965.


Vale a pena
  • Levar as crianças para brincar no playground e equipamentos existentes no parque;
  • Caminhar pelas pistas/trilhas do parque, observando a vegetação ao redor ;
  • Participar de atividades físicas e culturais promovidas no parque.
_____________________________________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações.
Fonte dos textos: "Website da Prefeitura de São Bernardo do Campo" (http://www.saobernardo.sp.gov.br/home) e
"EncontraSão Bernardo.com (
http://www.encontrasaobernardo.com/).
_____________________________________________________________________________________________________________

Veja vídeo feito no local, quando da visita.
A seguir, veja fotos tiradas no parque no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do local).

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site