terça-feira, 9 de abril de 2013

Parque Rodrigo de Gásperi em São Paulo

Nossa visita ao Parque Rodrigo de Gásperi, que fica localizado na Vila Zati, Distrito de Pirituba na Zona Norte da Capital e tem em torno de 39.000 m² de área, foi num sábado. O nome do parque foi dado em homenagem a um jovem torcedor de futebol, morador do bairro, que foi vítima da violência nos estádios de futebol.
Horário de funcionamento:
das 6h às 18h
Telefone:
(11) 3974-8600 
Localização:
Avenida Miguel de Castro, 321, Pirituba
Ver no mapa

Avaliação do parque (0 a 5) é 2,6.

Para o acesso ao parque há várias linhas de ônibus, entre as quais a 8015-10 – Cemitério de Perus – Terminal Pirituba, 8017-10 – Voith – Terminal Pirituba, 8300-10 – Terminal Pirituba – Terminal Lapa, 8400-10 – Terminal Pirituba – Pça. Ramos de Azevedo, 8600-10 – Terminal Pirituba - Lgo. do Paissandu e a 9018-10 – Vila Mirante – Terminal Pirituba.
Para informações sobre demais linhas que servem o parque, ligue 156 ou consulte o site da Sptrans (clique aqui).

Para ir de carro, acesse no box acima "Ver no mapa" e trace seu roteiro. Não há estacionamento para veículos no parque. Utilize vagas existentes nas ruas próximas, atentando para a sinalização existente. 

Infraestrutura
Pista para caminhadas, bicicletário, quadra de campo, quadra de bocha (bem cuidada), quadra poliesportiva, mesas com tabuleiro de xadrez e dama, mesas de pingue-pongue, sanitários (limpos) e playgrounds. Aos domingos funciona também o Bosque da Leitura (SMC).

Não há lanchonetes no parque, mas nas ruas próximas existem alguns bares. Ambulantes estavam presentes nas entradas no dia da visita.

Flora
Áreas ajardinadas e bosques com espécies como angico, aroeira-mansa, eucalipto-azul e jambeiro. Destacam-se agrupamentos de araribás-rosa, casuarinas, ipês-de-el-salvador, seafórtias e sete-capotes. Foram registradas 82 espécies, das quais a copaíba está ameaçada.

Fauna
Conta com 35 espécies de fauna, sendo 14 de borboletas e 21 de aves. Dentre as aves, observam-se: rolinha, quero-quero, beija-flor-tesoura, ferreirinho-relógio, sabiá-laranjeira, sabiá-do-campo, joão-de-barro e sanhaçu-cinzento, além das migratórias como suiriri e juruviara. Em áreas com gramíneas pode-se avistar o tiziu, com seu comportamento singular de corte e defesa de território, que consiste em salto curto sincronizado.

Não há restrições para animais domésticos, desde que no caso de cães, em "guias" e os mais bravios com "focinheiras".

Bicicletas são proibidas no lado do parque em que ficam os playgrounds para as crianças e as quadras de esportes.

No dia da visita haviam vários vigias no parque, conferindo-lhe segurança.

História
O Parque Rodrigo de Gásperi é conhecido popularmente como “Parque da Lagoa”, pois havia anteriormente no local uma lagoa e um córrego, onde as pessoas pescavam e nadavam. Após o aterramento da lagoa e a canalização do córrego, o local passou a ser usado por circos e parque de diversão que ali se instalavam com frequência. A prefeitura construiu um campo de futebol e um vestiário na parte mais larga do terreno, cedendo-os para uso dos clubes locais. Os moradores do bairro solicitaram então a abertura de um parque municipal com aproveitamento de todo o terreno.
Em 25 de abril de 1982 foi inaugurado com o nome de Parque Pirituba com a estrutura hoje existente.
Em 1992 o parque recebeu o nome de Rodrigo de Gásperi em homenagem a um jovem torcedor de futebol de 13 anos, morador do bairro, que faleceu vítima da violência nos estádios de futebol.

Informações gerais do parque podem ser obtidas pelo telefone da administração (11) 3974-8600 ou pelo e-mail:  parquerodrigodegasperi@prefeitura.sp.gov.br

Vale a pena:
  • Caminhar pelas pistas existentes, observando a vegetação existente;
  • Participar dos vários eventos culturais e esportivos que são levados no local comumente. Informe-se nos contatos da administração citados anteriormente;
  • Frequentar o "Bosque da Leitura", patrocinado pela Secretaria Municipal da Cultura, aos domingos das 10 às 16h e
  • Praticar seu esporte preferido no campo e quadras existentes. Destaque para a boa quadra de bocha.

Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugerimos "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização).



A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita.

Entrada pela Av. Miguel de Castro
Campo de futebol ao fundo
Mesas para a prática de pingue-pongue

Área de estar com mesas e bancos

Quadra de bocha
Panorâmica do parque com a quadra de bocha à direita
Playground ao fundo

Jogo de futebol em campo próprio
Playground

Quadra para futebol de salão
Paineiras
Paineira
Quadra poliesportiva
Playground
Espectadores assistem jogo de futebol
Campo de futebol
Goleiro observa o andamento do jogo de futebol

Área de estar
Sanitários




Entrada da parte superior do parque
Quadra de bocha ao fundo
Panorâmica na parte superior do parque
Pista para caminhadas


Árvore "Pau Ferro"

Aparelhos para ginástica







Placa indicativa com playground ao fundo
Playground



Bicicletário

Av. Miguel de Castro e campo de futebol






Área de estar e bicicletário
Bebedouros


Área de estar com bancos e mesas de concreto
Soccer designed by Derek Britton from The Noun Project

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site