quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Parque Belém ou Manoel Pitta em São Paulo

Visitamos o Parque Belém, que tem o nome oficial de Manoel Pitta, numa 3a. feira, que fica localizado no bairro do Belém, na Zona Leste da Capital e tem 210.400 metros quadrados de área. O parque foi inaugurado em 23/06/2012 e ocupa a área que por 103 anos foi do Instituto Disciplinar, Colônia Correcional e a FEBEM, sendo totalmente reformada, transformando-se num bom espaço de lazer e cultura.
Horário de funcionamento:
6h às 20h
Recursos:
  Quadra poliesportiva     Playground   Trilha     Estacionamento   Ciclovia   Programação cultural
Telefone:
       (11) 3279-7280       
Localização:
Avenida Celso Garcia, 2531, Belém
Ver no mapa

Avaliação do parque (0 a 5) é 2,9.

Para chegar ao parque há inúmeras linhas de ônibus, entre as quais a 702P-10 x Term. Penha x Term. Pinheiros  e a 2291-10 Term. S. Mateus x Praça República. Para informações sobre demais linhas que servem o parque, ligue 156 ou consulte o site da Sptrans (clique aqui).
Há um pequeno estacionamento gratuito para veículos com entrada pela Av. Celso Garcia,2.231, em frente a Portaria 1.
Para ir de carro, vá ao box ao lado e clique em "Ver no mapa", traçando seu roteiro.

Infraestrutura
A população tem à disposição uma estrutura com seis quadras poliesportivas, dois quiosques para futuramente permissionários venderem alimentos e bebidas, 1,5 km de ciclovia, 1,5 km de pista de corrida, pista de skate, duas áreas para ginástica, praças de estar e com equipamentos para ginástica para a terceira idade e dois playgrounds. Há sanitários, que estavam limpos e cuidados no dia da visita.
Num prédio onde na década de 1930 era o "reformatório das meninas", está instalada agora a Fábrica de Cultura Parque Belém. O edifício está estruturado em vários espaços, para receber atividades culturais, tais como dança, teatro, música, circo, xadrez, além de ter salas de múltiplo uso, artes plásticas, facilitando inclusive a criação de outras atividades (clique aqui) para mais informações e cursos disponíveis).

No parque, a população conta com uma Escola Técnica Estadual_Etec (telefones para informações de cursos 11 2292-0742 e 2291-9293), com o Café Concerto e uma futura biblioteca nos mesmos moldes da Biblioteca São Paulo do Parque da Juventude.

Por ora, ainda não há lanchonetes no parque. No entanto, foram disponibilizados quiosques, que no futuro, após licitação, poderão prestar serviços de alimentação.

A flora ainda é escassa, mas foram plantadas muitas mudas, que do ao longo do devido tempo tornarão o ambiente ainda mais agradável.

Não há restrições para animais domésticos, desde que estejam, no caso de cães, em guias ou focinheiras, para os maiores ou bravos. Soltar pipas, fazer churrascos e fogueiras e comércio de ambulantes estão proibidos no interior do parque. 

Há vários vigias no parque, conferindo-lhe segurança.

Sinopse histórica
O parque ocupa uma área que num período de 103 anos (1902 a 2005) foi do Instituto Disciplinar, Colônia Correcional e FEBEM. Uma profunda reforma foi feita no local, tendo sido gasto pelo Governo do Estado cerca de R$37,3 Milhões entre o projeto e sua execução, baseada nos princípios da sustentabilidade ambiental, com a utilização de técnicas construtivas alternativas.


Vale a pena
  • Caminhar e correr pelas boas pistas existentes destinadas para cada fim;
  • Utilizar bicicletas na ciclovia disponível e
  • Participar de eventos (todos gratuitos) na Fábrica de Cultura Parque Belém, inscrevendo-se no local (informações pelo telefone 11 2618-3447).

Veja vídeo feito no local, quando da visita (sugiro "clicar" no ícone do "YouTube" para uma melhor visualização):


A seguir, veja fotos tiradas no local no dia da visita.
Estacionamento para veículos (Av. Celso Garcia)

Estacionamento para veículos

Portaria 1 (Av. Celso Garcia)



Orientações para os visitantes



Quiosques onde ficam os sanitários
Vista da entrada do parque pela Portaria 1 (Celso Garcia)

Café Concerto ao fundo

Vista das pistas para caminhar, andar de bicicleta e correr (da esquerda para a direita)

Panorâmica do parque com prédios que o cercam ao fundo e as pistas já citadas


Uma das Praças de Estar com local para eventos à direita




Praça de Estar


Aparelhos para ginástica



Fábrica de Cultura do parque ao fundo


Fábrica de Cultura








Bebedouros


Sanitários



Parquinho para crianças


Parquinho para crianças


Parquinho para crianças






Etec do Parque Belém



Placa indicativa com a entrada/saída do parque para a Rua Ulisses Cruz, ao fundo

"Memória da Casa" (ainda em implantação)

"Memória da Casa" (ainda em implantação)





Quiosques (destinação em implantação)




Quiosques da Administração (Sede) do parque


Entrada para pista de skates





Aparelhos para ginástica da terceira idade


Sede


Prédio do Café Concerto






Entrada/saída pela Avenida Celso Garcia


Vista do parque com a Avenida Celso Garcia à esquerda

13 comentários:

  1. Que beleza, tomara que tenhamos manutenção em todos esses parques que estão sendo formados de um tempo pra cá.

    ResponderExcluir
  2. Seria bom se não tivessem alguns "poréns". O Governo sempre diz: "Estamos fazendo áreas para as comunidades carentes que não tem onde se divertir...", mas vemos no parque a depredação (placas, arvores, pichações, quebra das tabelas de basquete - muitas já foram trocadas e outras não repostas - , etc). Aa reuniões de jovens e crianças da comunidade que existe ao lado, usam drogas para qualquer um ver; Pipas (que são proibidas) são usadas com o cerol; Equipamentos como os bancos e mesas de madeira se deterioraram com o tempo; A iluminação das pistas de cooper e ciclismo não funcionam (já há muito tempo) e o administrador afirma que roubam os fios. A grade, na divisa com a comunidade já está alargada, passando por ela mesmo com o parque fechado. Nem os pássaros, que ali se reproduzem tem sossego, pois tentam matá-los a pedradas. A vigilância é caótica. Enfim, o poder público fez, mas não mantém nem organiza e nem vigia. O parque é bom, mas infelizmente tende a ficar ruim. Ah, no estacionamento gratuito, já tem flanelinha, a ai de quem não pagar.

    ResponderExcluir
  3. Excelente parque para quem quer andar de bicicleta, patinete ou patins. O asfalto da ciclovia e da pista de cooper está em excelente estado, e a pista de skate, apesar de alguns probleminhas na conservação, também garante diversão. Aos sábados depois das 14 é possível estacionar no entorno sem pagar zona azul, e não notei flanelinhas. Recomendo.

    ResponderExcluir
  4. Nao atendem o telefone parar dar maiores informações!!!! Temos um projeto bacana para tentar montar no parque. Quase impossível falar com a direção do parque.
    Meu e-mail merustes@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em atenção ao seu comentário, ressaltamos que o site Áreas Verdes das Cidades se trata de uma iniciativa privada, sem vínculos com o poder público, que administra os parques em sua grande maioria, que é o caso do Belém. O telefone da assessoria de imprensa da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de SP, a qual está vinculada a administração do Parque Belém, é o (11) 3133-3369. Talvez possam ajudá-lo (a).

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Gostaria do link do regulamento do parque ou da lei que legisla o mesmo. Dizendo o que pode ser feito no parque e o que é proibido.
      Obrigado

      Excluir
  5. Um bom parque, mas com um problema sério: apesar de proibido por lei, grande parte dos frequentadores passeiam com seus cães sem guia. Só em 2015, fui atacado cinco vezes enquanto corria.

    Em uma das ocasiões, cheguei a questionar um segurança do parque sobre a total falta de fiscalização, e ele então sugeriu que eu fosse a uma delegacia prestar queixa.

    ResponderExcluir
  6. O parque é novo e a pista de cooper também,aliás o parque tem como destaque a pista,que é estreita,mas adequada para corrida e pra andar de bike,há uma favela que se ergueu bem ao lado do parque e há muitos garotos empinando pipas dentro do parque o que pode ser perigoso.

    ResponderExcluir
  7. Pq relativamente novo e com vários problemas. Paraim o pior é o descaso do gov estadual e da prefeitura. A prefeitura não limpa a área externa, calçadas etc dizendo q é o gov estadual. O estado não limpa pq é obrigação da prefeitura. Tem luxo, criador de mosquito da dengue. Aparelhos deteriorados, sem segurança.

    ResponderExcluir
  8. Pq relativamente novo e com vários problemas. Paraim o pior é o descaso do gov estadual e da prefeitura. A prefeitura não limpa a área externa, calçadas etc dizendo q é o gov estadual. O estado não limpa pq é obrigação da prefeitura. Tem luxo, criador de mosquito da dengue. Aparelhos deteriorados, sem segurança.

    ResponderExcluir
  9. Realmente é uma opção maravilhosa para quem gosta de ciclismo e prática de corrida também,porém, é uma pena vermos pessoas soltando pipas com cerol próximo à pista de ciclismo e crianças depredando as árvores e plantas catalogadas no local, isso é lamentável. .!

    ResponderExcluir
  10. Acho que a segurança privada tem que ser um pouco mais ativa, pessoal solta pipas na frente deles...arrebentam as árvores e eles estão vendo só não fazem nada...Isso é uma pena.

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site