quinta-feira, 28 de junho de 2012

Parque Colina de São Francisco em São Paulo

Desta vez, visitamos numa 2a. feira, o Parque Colina de São Francisco, situado no bairro do Butantã na região oeste da capital. Ocupa uma área de cerca de 49.000 metros quadrados e é muito sombreado por árvores de grande porte. Sua principal pista para caminhadas e/ou corridas tem 800 metros com vários aclives e declives, sendo considerada de grau de dificuldade média.
Horário de funcionamento:
6h às 18h
   Telefone:
(11) 3768-9168
Localização:
Av. Dr. Cândido Mota Filho, 751, Butantã
Ver no mapa.

Avaliação geral do parque (0 a 5) é 2,7.

Para chegar ao parque há várias linhas de ônibus passam pela entrada pela Av. Dr. Cândido Mota Filho. Uma delas é a 8705-10 Shopping Continental que sai do Anhangabaú.
Para ir de carro, vá no box ao lado e consulte o link "Ver no mapa" e trace seu roteiro. Não há estacionamento para veículos no interior do parque, mas se pode parar em algumas ruas do entorno, em especial na Rua Guido Mazzoni.

Infraestrutura
O parque tem trilhas, sanitários (limpos e cuidados),bebedouros, miniplayground, pista de Cooper e caminhada, praça de jogos e aparelhos para ginástica. 

Flora
Eucaliptal em terreno íngreme, com exemplares adultos esparsos de espécies diversas, além de áreas ajardinadas, observando-se um córrego na parte mais baixa do terreno. No subosque em regeneração do eucaliptal foi realizado plantio de mudas de espécies arbóreas nativas e exóticas. Destacam-se exemplares de tapiá-guaçu, embaúba, angico, cedro-rosa, açoita-cavalo, capixingui, pau-jacaré, tipuana, saguaraji-vermelho e jerivá.

Fauna
Segundo o site da PMSP, "até o presente momento foram observadas 21 espécies de aves, destacando-se o papagaio-verdadeiro (espécie ameaçada de extinção no Estado), que nos seus deslocamentos na cidade utiliza o parque como área de descanso. Também pode-se notar a presença dos inquietos pula-pula, das diversas vozes do pitiguari, além dos pica-paus: pica-pau-de-cabeça-amarela, pica-pau-do-campo e de grupos de birro. Há a oportunidade de diferenciar pelo canto as espécies semelhantes (gêmeas) como o nei-nei e o bem-te-vi, além da diferença do tamanho do bico, que no nei-nei se apresenta maior e mais grosso quando comparado com o bem-te-vi".

Observamos alguns vigias, conferindo segurança ao local.

Não há lanchonetes no interior do parque. Alguns ambulantes ficam próximos das entradas do parque, especialmente nos finais de semana.

Cães são permitidos desde que estejam em guias ou focinheiras.

Em termos históricos, o parque foi criado em 25/01/2007 por doação de uma empresa privada do ramo da construção civil.

O Parque Colina de São Francisco faz parte da campanha de incentivo permanente à arborização da Prefeitura, que incentiva qualquer pessoa a obter uma muda de árvore gratuitamente para plantio em endereço na cidade de São Paulo. Para isso, o interessado deverá dirigir-se a um dos parques municipais da cidade de São Paulo participantes da campanha e no momento da entrega receberá orientação técnica e a Cartilha de Arborização Urbana, contendo dicas de plantio e cuidado com a árvore.

Informações gerais do parque, inclusive sobre a campanha, podem ser obtidas pelo telefone da administração (11) 3768-9168.

Vale a pena
  • Caminhar pela trilha de 800 metros com vários aclives e declives, "curtindo", principalmente, a flora que é bem diversa e a fauna existentes.
Vídeo feito no local no dia da visita (v. link abaixo): 


A seguir, vejam fotos realizadas no parque:


Pista após a entrada pelo Portão 1 do parque

Casa da administração e sanitários do parque

Bebedouro com sanitários ao fundo

Trecho da pista de 800 metros de extensão




Uma das espécies que compõem a flora muito diversa do parque


Trecho da pista para caminhadas. Observem os "tocos" de madeira que demarcam a pista


Poço seco no meio do bosque








Praça Central do parque com playground




Sistema de escoamento das chuvas

Praça Central do parque
Playground




Praça Central





Tocos de madeira (extraída no próprio local) que demarcam a pista


Sanitários



Ponte de madeira










Espaço de recreação próximo ao Portão 3


Mesas para jogos

Pergolado

Playground com a Guarita do Portão 3 ao fundo


Área de recreação com prédios que circundam o parque ao fundo


Entrada pelo Portão 3 com bicicletário











Informação sobre a utilização de galhos colhidos no parque

Entrada principal do parque (Portão 1)

Pergolado







Guarita do Portão 1


Localização do Portão 1 (Entrada principal do parque)

Portão 1
Rua Guido Mazzoni onde se pode estacionar ao lado do parque
Panorâmica da Rua Guido Mazzoni com o parque ao fundo

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site