terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Parque Municipal das Mangabeiras em Belo Horizonte

Parque Municipal das Mangabeiras foi visitado num feriado e fica localizado no bairro com o mesmo nome na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Situa-se ao pé da Serra do Curral, patrimônio cultural da cidade, projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx, conserva em sua área de 2,4 milhões de m², 59 nascentes do Córrego da Serra, que integra a Bacia do Rio São Francisco. Sua altitude varia de 1.000 a 1.300 metros, sendo o clima considerado ameno, e recebe cerca de 30.000 visitantes por mês.
Horário de funcionamento:
8h às 18h de 3as. Feiras aos Domingos, sendo permitida a entrada até às 17h
Telefone:
(31) 3277-8277/9697
Localização:
Av. José do Patrocínio Pontes, 580, Bairro Mangabeiras, Belo Horizonte, MG
Ver no mapa

É importante salientar que há três entradas para o Parque Municipal das Mangabeiras:
Portaria Sul é na Av. José do Patrocínio Pontes, 580, Bairro Mangabeiras (Principal); Portaria Norte fica na Praça Cidade do Porto, 100, Bairro Serra e a Portaria Caraça, situada na Rua Caraça, 900, Bairro Serra.

Como chegar no parque
Use as linhas de ônibus de números 4103 (Aparecida/Mangabeiras), 2102 (Gameleira/Serra), 8150 (União/Serra) e 9106 (Sagrada Família/Serra), entre outras.
De carro vá ao box ao lado e clique em "Ver no mapa", traçando seu roteiro.

Há um bom estacionamento para veículos no parque, que dá acesso à Portaria Sul, a principal.

Antes de dirigir-se ao parque, veja a previsão do tempo para Belo Horizonte, clicando aqui.

Infraestrutura do parque
Há playgrounds, mirante, quadras de peteca, tênis e poliesportivas, pista de skate, sanitários, fontes, brinquedos e atividades culturais.

Flora do parque
vegetação nativa é um dos principais atrativos, sendo representada por áreas de Cerrado e de Mata Atlântica. O Cerrado ocupa as áreas de maior altitude do parque, onde os solos são mais rasos e com baixa disponibilidade de nutrientes. Árvores como o barbatimão, a candeia, a caviúna, a guabiroba, o murici e o pau-santo são comuns nas áreas de Cerrado. A Mata Atlântica está presente nos fundos de vale e encostas adjacentes, onde os solos são mais profundos e ricos em nutrientes. Dentre as árvores típicas deste ambiente podem ser citadas a copaíba, o guanandi o jacarandá, o jequitibá, o pau-jacaré e a quaresmeira.

Fauna do parque
É composta por um grupo das aves, com mais de 160 espécies registradas, dentre elas o jacu e a saracura, facilmente observados no parque. Com relação aos mamíferos, cerca de 30 espécies já foram registradas, dentre estas o quati, o mico-estrela, o caxinguelê (esquilo), o ouriço-cacheiro e o tatu-galinha. Embora de visualização mais difícil, o parque é também abrigo de cerca de 20 espécies de répteis e 20 espécies de anfíbios, como a rã Hylodes uai, que tem em seu nome uma homenagem a Minas Gerias. 

Há lanchonetes no interior do parque que vendem alimentos e bebidas.

No tocante à segurança geral do parque, observamos alguns vigias no dia da visita.

Atenção! Há restrição para a entrada de animais domésticos no parque, bem como motos, bebidas em vasilhames de vidro, montar barracas ou acampamento, utilizar fogareiros ou churrasqueiras, fazer fogueiras, soltar balões e alimentar animais silvestres. A utilização de skates, patins e assemelhados estão restritas só às áreas próprias para tais práticas.

O parque sinaliza rotas de visitação para diferentes tipos de atividades. No “Roteiro da Mata” é possível conhecer um pouco mais da vegetação de Cerrado e Mata Atlântica, passando pelo Viveiro da Mudas Nativas, Centro de Educação Ambiental (CEAM), Mirante da Mata e Morro do Pic-Nic/Vale dos Quiosques. Para as atividades recreativas e esportivas,o “Roteiro do Sol” conta com as Ilhas do Passatempo, Pista de Skate, Praça do Britador, Parque Esportivo e Ciranda dos Brinquedos. Para o contato com os recursos hídricos, existe o “Roteiro das Águas”, integrado pelo Recanto da Cascatinha e Lago dos Sonhos, formados pelas águas do Córrego da Serra.

Sinopse histórica
O Parque Municipal das Mangabeiras integra a história de Belo Horizonte e abriga em sua área parte da Serra do Curral. Além de ser tombada como patrimônio do município desde 1991, a Serra do Curral é um dos marcos mais representativos da cidade, com expressivo significado simbólico.No século XIX, quando se iniciou a construção da cidade pela equipe do engenheiro-chefe Aarão Reis, a área onde se localiza o Parque pertencia à Fazenda do Capão.
Em 1941, instalou-se no local a primeira estação de tratamento de água de Belo Horizonte. A Caixa de Areia, como era conhecida na época, abastecia o bairro Serra e localizava-se próximo à atual Portaria Norte, onde funciona o Projeto Casa Menino no Parque.
No início da década de 60, a área foi cedida à empresa Ferro Belo Horizonte S/A, Ferrobel, para a exploração de minério de ferro. A mineradora ocupava os espaços onde hoje se situam o estacionamento Sul e as Praças do Britador e das Águas. No local, pode-se observar o britador construído na época. 
Em 1979, a Ferrobel foi desativada.
Em 1982, no dia 13 de maio, o Parque das Mangabeiras foi inaugurado, sob a administração da Empresa Municipal de Turismo, Belotur.
Em 27 de janeiro de 1999, por meio da lei estadual nº 13.190, uma área do Paredão da Serra do Curral foi incorporada à reserva do Parque das Mangabeiras. O espaço inicia-se na portaria sul, estendendo-se ao longo da av. José do Patrocínio Pontes até a Praça Estado de Israel.
Em janeiro de 2005, o Parque das Mangabeiras passou a ser administrado pela Fundação de Parques Municipais, criada para administrar e manter os parques municipais.


Vale a pena
  • Levar as crianças para brincar nos playgrounds e equipamentos existentes no parque;
  • Caminhar pelas pistas/trilhas do parque, observando a vegetação ao redor que tem variadas espécies;
  • Participar das rotas de visitação (roteiros da mata, das águas e do Sol);
  • Visitar o Mirante que proporciona em dias de céu claro uma visão ampla da cidade e
  • Participar de atividades físicas e culturais promovidas no parque.
_____________________________________________________________________________________________________________
OBS.: Informações e programações sujeitas a mudanças e alterações. Para mais informações, ligue para o telefone da administração no box acima.
Fonte dos textos: "Website da Prefeitura de Belo Horizonte" (http://portalpbh.gov.br).
_____________________________________________________________________________________________________________

Veja vídeo feito no local, quando da visita  (sugerimos "clicar" no ícone compartilhar e usar o link do "YouTube" para uma melhor visualização).

A seguir, veja fotos tiradas no parque no dia da visita (Atenção! Ao "clicar" em qualquer foto, abre-se, automaticamente, o modo de exibição "Tela Cheia" de seu computador e por meio de suas teclas "Setas" (➡⬆⬅), podem ser visualizadas todas as fotos tiradas do local).

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site