quinta-feira, 18 de julho de 2002

"Ranking" dos Parques da Cidade de São Paulo (2)

Este é o segundo "ranking" referente aos parques da cidade de São Paulo, abrangendo aqueles que foram visitados, tendo sido gerados e publicados neste blog seus respectivos relatos, fotos e vídeosaté esta data.


Ressaltamos, mais uma vez, que a avaliação deste blog sobre os parques, transformada em nota (0 a 5), leva em consideração a diversidade existente no local, qualidade e conservação da sua infraestrutura, suas atrações, a programação cultural e/ou esportiva, a facilidade de acesso ao local, etc.


Foram adicionados neste "ranking" 6 novos parques, que foram visitados de maio, data do primeiro, até hoje.

Vejam o "ranking" atual na tabela abaixo, que também propicia o acesso aos relatos, fotos e vídeos dos parques, diretamente, por meio de links com seus nomes.

A alteração mais importante foi a inclusão no segundo lugar do Jardim Botânico de São Paulo, "desbancando" o Parque Villa-Lobos, que ocupava essa posição.

Classifi-cação Nome Nota
Parque Ibirapuera 4,7
Jardim Botânico de São Paulo 4,5
Parque Villa-Lobos 4,4
Parque da Juventude 4,3
Parque da Água Branca 4,2
Parque da Aclimação 4,0
Parque Independência 3,9
Parque Alfredo Löfgren 3,6

Parque do Carmo 3,6
10º Parque Burle Marx 3,5
11º Parque Alfredo Volpi 3,3

Parque Jardim da Luz 3,3
13º Parque Esportivo do Trabalhador 3,2

Parque do Povo 3,2
15º Viveiro Manequinho Lopes 3,0

Parque Trianon 3,0

Parque Buenos Aires 3,0
18º Parque Cidade de Toronto 2,9
19º Parque do Cordeiro 2,8
20º Parque Colina de São Francisco 2,7
21º Parque Benemérito José Brás 2,1
22º Parque Pref. Mário Covas 2,0
23º Parque Zilda Natel 1,9

Em janeiro de 2013 emitiremos um novo "ranking", incluindo os já visitados até o momento e os novos parques que forem publicados até aquela data.




2 comentários:

  1. Regina L S Lopes24/07/2012 23:02

    Adoro visitar o "Áreas Verdes"! Desde que passei a frequentar este blog tenho aprendido muito e até mudado minhas atitudes. Árvores e Flores que me passavam "em branco" quando eu ia a um parque ou mesmo andando pelas ruas, começam a fazer parte das minhas memórias. É a diferença entre OLHAR e VER. A gente OLHA só com os olhos mas VÊ com os olhos, com o cérebro, com o coração e com a alma... Parabéns pelo blog e Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  2. Suas belas e sensíveis observações motivam-me a continuar nesse trabalho. Endosso totalmente esse diferencial entre olhar e ver. Durante muitos anos só "olhei", mas nunca é tarde para começar a "ver, ouvir e sentir". Muito obrigado, Regina!

    ResponderExcluir

Seus comentários são muito importantes para o aprimoramento do site